Conecte-se conosco

Acre

Homem apresenta diploma falso de medicina para tentar registro no CRM-AC

Publicado

em

Em menos de uma semana, o Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC) registrou mais uma tentativa de fraude para obtenção de registro profissional no Estado. O caso denunciado nessa segunda-feira (29) à Polícia Federal foi de um homem de 34 anos que apresentou diploma falso de graduação em medicina na Bolívia para tentar conseguir a carteira profissional.

No último dia 24 de novembro, o CRM-AC também denunciou à PF o caso de uma mulher formada em medicina na Bolívia, que apresentou documento falso de revalidação ao solicitar inscrição primária na autarquia.

Desta vez, o homem apresentou solicitação de inscrição no CRM-AC em outubro deste ano. Como de praxe, o setor de registro da autarquia fez a checagem dos documentos apresentados junto à Universidade Técnica Privada Cosmos, na Bolívia, e à Universidade Estadual do Maranhão, a fim de atestar a veracidade do diploma e da apostila de revalidação, respectivamente.

Diferente do caso registrado na semana passada, a apostila de revalidação apresentada pelo homem é verdadeira, segundo informou a Universidade Estadual do Maranhão. Já a universidade estrangeira informou que não há emissão e registro de diploma médico expedido ao homem.

O CRM-AC também constatou que o nome do falso médico, inclusive, consta na lista do 18º ciclo do Programa Mais Médicos e que ele somente não atuou por falta de vagas. Após a denúncia feita à PF, o diploma falso ficou apreendido na polícia e o caso também foi informado ao Conselho Federal de Medicina.

Comentários

Acre

Bebê de mulher com Covid que nasceu em parto de emergência no AC recebe alta e tem anticorpos contra a doença

Publicado

em

Por

Michele da Silva segue internada na UTI do Hospital do Juruá. Lucas Arthur recebeu alta há uma semana e a mãe o vê por videochamada.

Entre os significados do nome Lucas, está “iluminado” e parece ser uma boa característica para o pequeno Lucas Arthur Lima, que com menos de 20 dias de vida já enfrenta uma longa batalha. Mesmo pequeno e indefeso, o bebê ainda não pôde sentir o colo quentinho da mãe, Michele da Silva, de 32 anos.

enquanto sua mãe estava entubada devido à Covid. Veio ao mundo com 34 semanas de gestação, o que corresponde a quase 7 meses, pesando 2,160 gramas e medindo 44 centímetros. Ao nascer, ele teve uma parada cardíaca e foi reanimado.

Uma longa batalha para poucos dias de vida. Mas, agora o cenário começa a mudar para o pequeno. É que na última segunda-feira (17), ele recebeu alta e pôde ir para casa. Além disso, depois de três testes, foi constatado que ele não nasceu com Covid, mas desenvolveu anticorpos contra a doença.

Apesar de já estar em casa, Lucas ainda aguarda o retorno da mãe, que segue internada na UTI Covid do Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul. Ela deu entrada no hospital no dia 1º de janeiro e desde então tem lutado pela vida dela e de Lucas.

Ela passou 16 dias inconsciente, mas esta semana foi extubada e conseguiu conhecer o filho por uma videochamada.

O marido dela, o agricultor Alexandre Lima, de 27 anos, contou que no boletim médico dela, atualizado nesse domingo (22), o estado de saúde dela melhorou em 50%. Ele conta que o pequeno Lucas é o mais novo de três filhos, de seis e quatro anos, e conta que tem contado com o apoio da mãe para dar conta dos meninos sem a companheira ao lado.

“Ela já está bem melhor. Esta semana mandamos áudio fortalecendo ela e conheceu o bebê por videochamada. Depois que ela passou a vê-lo melhorou bastante, segundo os médicos passaram pra gente. Eu ainda não consegui ver ela assim, mas a equipe médica faz as chamas e minha mãe mostra o Lucas por vídeo e manda fotos”, conta.

Para que a mãe pudesse cuidar do recém-nascido, Lima contou que foi para a casa, que fica no Seringal Profeta, perto de Rodrigues Alves, e levou os dois filhos mais velhos e um sobrinho. Ele conta que não tem sido fácil a vida longe da mulher, mas que tem feito o máximo para poupar os filhos.

“A bolsa com as coisas dela eu ainda não trouxe para casa para os meninos não ficarem chorosos e perguntando. Deixei o Lucas com minha mãe, que ela cuida muito bem, e aí vou visitar e também deposito dinheiro para as coisas que ele precisa. Os médicos ainda não falam em dia de alta, mas espero que no dia que eu trouxer a bolsa com as coisas dela, eu volte completo para casa, se Deus quiser”, diz emocionado.

Bebê está morando com a avó paterna  — Foto: Arquivo pessoal

Bebê está morando com a avó paterna — Foto: Arquivo pessoal

Internação

 

Antes de ser diagnosticada com Covid, Michele tinha passado por algumas unidades de saúde porque estava com infecção urinária. Como estava grávida, no hospital de Rodrigues Alves, ela foi orientada a buscar atendimento na Maternidade de Cruzeiro do Sul.

Passou alguns dias na maternidade e quando teve alta do hospital, após alguns dias, passou mal e testou positivo para a doença. O marido acredita que ela tenha sido infectada durante esses atendimentos, porque na zona rural onde moram as casas são afastadas e, segundo ele, Michele se cuidava bastante devido estar grávida.

Ela também já tinha tomado duas doses da vacina quando se infectou.

Parto ocorreu enquanto mã estava intubada da Covid — Foto: Arquivo pessoal

Parto ocorreu enquanto mã estava intubada da Covid — Foto: Arquivo pessoal

Parto de emergência

 

A mãe chegou ao Hospital do Juruá dias antes do parto e com agravamento do quadro foi levada para a UTI. Nas ultrassonografias de controle, ela estava com diminuição do líquido amniótico e o bebê estava iniciando um quadro de sofrimento fetal, segundo informou o pediatra que acompanhou o menino, Rondney Brito.

Logo após o nascimento, o bebê foi transferido para a UTI da maternidade, onde inicialmente foi intubado. Como a cesariana foi feita com a mãe em quadro de Covid, o bebê ficou em isolamento. Doze dias depois e com três testes negativos para Covid, o bebê recebeu alta, onde aguarda a alta da mãe na casa da avó.

Comentários

Continue lendo

Acre

Futebol Solidário arrecada quase 1 tonelada de alimentos em Capixaba

Publicado

em

O deputado federal Alan Rick foi um dos convidados para compor o time das Estrelas do Futebol Solidário, em Capixaba. O evento realizado pela prefeitura e Câmara Municipal da cidade, com o apoio do parlamentar, ocorreu nesta quinta-feira, 20, no estádio José Colásio.

O time das Estrelas também contou com a presença de ídolos do futebol, empresários, influencers. Entre eles, os ex-jogadores Amaral, Aloísio Chulapa, Donizete Pantera, Bujica, o goleiro acreano Tomate, o Rei Artur, Adriano Louzada, o ex-BBB Felipe Prior, o youtuber Muca Muriçoca, o ex-Pânico Pedrinho Moura, o acreano Marcelo Bimbi e outras celebridades.
O Futebol Solidário tem sido realizado em várias cidades do país com o objetivo de arrecadar donativos para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade. Em Capixaba, a entrada do público foi condicionada a doação de 2kg de alimentos não perecíveis.

No campo, o time das Estrelas goleou o time local. Placar foi de 6 X 3. Mas, a grande goleada foi a do povo que doou. De acordo com a organização, nesta sexta-feira foi realizada a coleta nos 6 pontos de troca pelo ingresso e a arrecadação foi de mais de 800kg de alimentos não perecíveis.

“A festa foi linda! Apesar de não estar em condições de jogo, foi um prazer participar deste momento, que além de alegrar a tarde dos moradores de Capixaba também vai levar alimento pra muitas famílias que precisam. Quase uma tonelada de alimentos arrecadados. Vitória da solidariedade!”,  comemorou Alan Rick.

Visita a comunidade

O deputado federal Alan Rick aproveitou a ida a Capixaba para conversar com a comunidade local. Almoçou na casa do apoiador Geran Clay ao lado vereador Almilton Costa (DEM/AC), presidente da Câmara de Capixaba, do vice prefeito Richard Lima (DEM/AC), do vereador Antonio França (Republicanos), o secretário de Planejamento de Capixaba Dário Reis e o conselheiro Tutelar Willian Tessinari e outros amigos. O encontro também teve a presença do ex-jogador Amaral.

Após o almoço Alan Rick visitou a Câmara de Vereadores e alguns bairros da cidade para vistoriar ruas que devem receber reparos, pavimentação e calçadas através de recursos de emendas destinadas pelo parlamentar em 2022.

Comentários

Continue lendo

Acre

Prefeitura recupera ramal do Km 12 e inicia serviços no Km 14

Publicado

em

O prefeito Sérgio Lopes, acompanhado do Vereador Nego, que também responde pelo Departamento de Obras e Serviços de recuperação ramais, estiveram visitando os serviços de recuperação do Ramal do Km 12 nesta terça-feira dia 18.

A prefeitura está aproveitando os dias de sol para avançar na reabertura eempiçarramento a fim de garantir tráfego durante o período das chuvas.

Segundo Informou o diretor de Campo Vereador Nego, os serviços estão bemavançados e já nesta quarta inicia a recuperação do ramal e da ponte do Km 14.

O Prefeito Sérgio Lopes ao visitar os serviços aproveitou para conversar com osprodutores rurais daquela localidade que estão muito satisfeitos com a ação porparte da prefeitura.

“Sinto-me lisonjeado em receber por parte dos produtores elogios pelo trabalhofeito, más esses serviços só é possível por termos uma equipe aguerrida quetrabalha dia e noite e até aos domingos se preciso for, para realizar os serviçosnecessários e assim garantir o trafego aos nossos produtores.” Destacou oPrefeito Sérgio Lopes.

Fotos Wesley Cardoso:

Comentários

Continue lendo

Em alta