Homem condenado por se passar por medico em RO é preso na fronteira do Acre

Jefersson tem ficha comprida no estado de Rondônia e foi preso na fronteira do Acre.

Agentes da Polícia Civil do município de Epitaciolândia, localizado na fronteira do Acre, prenderam nesta quinta-feira, dia 12, um homem identificado como Jerfesson Soares de Souza, natural do estado de Rondônia, onde havia um mandado de prisão em desfavor de sua pessoa, expedido desde junho de 2017.

Segundo foi informado pelo delegado titular de Epitaciolândia, Luís Tonini, o mesmo foi condenado a cumprir cerca de 10 anos reclusão por vários crimes, entre eles por tentar se passar por médico no estado vizinho.

Aqui na fronteira, ao que foi apurado, Jerfesson estaria realizando pequenos furtos e quando foi abordado, tentou passar outro nome aos agentes. Foi quando descobriram os seus crimes, como a pratica ilegal de medicina, contra a administração pública e peculato, entre outros delitos administrativos.

Com sua prisão, foi informado que estará sendo transferido para o presídio da Capital, onde será comunicado às autoridades do estado vizinho, sobre sua detenção e estará a disposição da Justiça para os procedimentos de praxe.

Delegado Luís Tonini estará encaminhado o detido para Rio Branco, que deverá comunicar o estado de RO da captura do foragido.

Segundo o delegado Tonini, as passagens de Jerfesson pela justiça do Acre, seria as do crime de furto ocorrido na madrugada desta quinta-feira, mas, o trabalho rápido dos agentes resultou na sua captura em tempo hábil.

Tonini destacou os trabalhos que seus agentes vêm realizando nos últimos meses. Somente nestes 60 dias, cerca de oito foragidos foram recapturados na região de fronteira, mostrando o resultado à sociedade com prisão em flagrante e ao tráfico.

Veja vídeo reportagem.

 

 

Comentários