Alderian é acusado de ter estuprado sua enteada de apenas 8 anos de idade.
Alderian é acusado de ter estuprado sua enteada de apenas 8 anos de idade.
Alexandre Lima

Encontra-se preso em uma das celas da delegacia de Brasiléia, Aldemir Valentin Siqueira (38), que estaria morando com uma mulher (nome não identificado), juntamente com sua filha de apenas 8 anos de idade, no ramal localizado no km 75 da BR 317 (Estrada do Pacífico).

IMG_9317Aldemir é acusado de ter estuprado sua enteada, uma criança que não mede ainda um metro e meio de altura, mas que se mostra muito ativa e tentou através de uma carta, dizer que vinha sendo molestada por quem deveria cuidar dela, fato esse não levado em conta por um de seus parentes.

Foi quando a conversa foi tomando rumos diferentes até chegar às autoridades do Município que iniciaram uma investigação. Durante o dia desta terça-feira, dia 26, o delegado titular de Brasiléia, juntamente com os investigadores foram até a casa localizada no Ramal do Alemão, no km 75.

Lá, encontraram a criança, o suspeito e a mãe. Em conversa separada, a menina confirmou o que vinha acontecendo com ela. Após ouvirem o padrasto, foi realizado uma busca pela casa e foi encontrado três armas de fogo, sendo uma espingarda chumbeira calibre 16, um rifle automático 22 e uma pistola Winchester do mesmo calibre que foram retidas.

Já na delegacia, a menina novamente disse que vinha sendo abusada pelo padrasto e após ouvirem o suspeito, Aldemir confirmou ao delegado do que vinha praticando com a criança, o que caracteriza abuso de vulnerável.

Pistola americana que estava na casa do acusado.
Pistola americana que estava na casa do acusado.

Após ser ouvido e assumiu o abuso e preso em flagrante delito, Aldemir foi conduzido ao Fórum da Comarca, para uma audiência de Custodia, onde o acusado seria ouvido por um Juiz de Direito, para que seja determinado sua detenção imediata.

A criança passou por exames médicos, onde foi confirmado o abuso sexual praticado pelo acusado e foi levada pelos conselheiros tutelares ao abrigo e passará por cuidados psicológicos. A mãe irá ser ouvida posteriormente pelas autoridades sobre o caso.

Ouça entrevista com delegado abaixo.

Comentários