Conecte-se conosco

Acre

Homem que fazia “gato” em energia é preso em flagrante na Capital

Publicado

em

Um trabalho investigativo da Polícia Civil por meio da Delegacia da 3ª Regional em parceria com a Energisa possibilitou identificar e prender, em flagrante, na manhã desta segunda-feira, R. S. A. de 35 anos de idade pelo cometimento de furto de poste e padrão de energia. A prisão do investigado se deu por força de mandado judicial de busca e apreensão cumprido no endereço localizado no bairro Comara, em uma residência de propriedade do investigado.

A medida visou levantar elementos de informação e comprobatórios relacionados ao furto de energia e seus respectivos medidores, bem como a eventual apreensão desses bens. Além disso, a ação contou com a participação de uma equipe de técnicos representantes da Energisa, que constatou o furto de energia elétrica na residência.

Diante da situação, a autoridade policial acionou a perícia para fazer a constatação técnica da subtração da energia e em seguida deu voz de prisão em flagrante ao proprietário da residência, o qual foi conduzido para Delegacia de Flagrantes para lavratura de auto de prisão em flagrante e colocado à disposição da justiça.

A Distribuidora destaca que a instalação do padrão e caixa blindada continua sendo realizada de forma gratuita apenas para os casos de regularização. E que após esse procedimento, os itens ainda continuam sendo de propriedade da empresa, por isso, qualquer tipo de comercialização desses materiais deve ser denunciado para as autoridades policiais.

O gerente do Departamento de Perdas da Energisa Acre, André Klein, alerta que realizar ligação clandestina é uma prática em que todo mundo sai perdendo. “Além de crime, isso coloca em risco a vida de quem realiza e de todos que estão próximos. Precisamos combater o furto e a população tem um papel fundamental nisso, denunciando esse tipo de crimes”, destacou.

Somente neste ano, mais de 23 mil unidades foram inspecionadas, além de 7,5 mil ações de regularização, blindagens e adequações da rede. Nos primeiros seis meses de 2022, a Energisa identificou 6,2 mil irregularidades no Acre. Se comparado ao ano passado, esse número representa um aumento de 7%.

A Polícia Civil alerta sobre esse tipo de crime, subtração dos postes e padrão de energia: art. 155, § 4º, inciso II. Pena: reclusão, de dois a oito anos. Furto de energia: art. 155, § 3º, Pena – reclusão, de um a quatro anos, e multa. Também são cobrados os valores retroativos referente ao período fraudado acrescidos de multa.

A população também pode denunciar buscando a unidade de polícia mais próxima e registrar Boletim de Ocorrência.

Comentários

Acre

PM comemora aniversário nos 26 anos do Bope no Acre

Publicado

em

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) comemorou nesta sexta-feira, 12, seus 26 anos de existência, com uma solenidade na sede da companhia.

Pertencente à Polícia Militar do Acre (PMAC), o Bope é o braço especializado do Estado que atua em situações de alto risco em todo o Acre.

“A polícia me faz sentir em casa. Quero expressar a minha gratidão a cada um dos policiais do Bope, é uma instituição que honra o nosso Acre. A nossa preocupação enquanto Estado é sempre garantir a segurança da população”, frisou o governador.

Ao longo do evento foram realizadas homenagens póstumas aos ex-integrantes do Bope, e condecorações.

“Temos muito a comemorar hoje, são 26 anos de serviços prestados à população por uma instituição tão honrosa como é o Bope”, contou o comandante do batalhão, tenente-coronel Rômulo Modesto.

Na ocasião, o governador Gladson Cameli também recebeu uma homenagem pelo apoio dado à Segurança Pública, assim como o dispositivo de honra.

“Essa unidade é diferenciada e tem nos honrado muito com os serviços prestados à população. São profissionais que treinam e se dedicam muito em suas obrigações”, afirmou o comandante-geral da PMAC, coronel Luciano Dias.

O fim da solenidade foi marcado pelo tradicional desfile dos policiais do batalhão especial ao som da banda de música da Polícia Militar.

Também participaram da solenidade recebendo homenagens, o secretário de Estado de Infraestrutura (Seinfra), Cirleudo Alencar; o titular da Secretaria de Segurança (Sejusp), coronel Paulo Cézar Santos; o juiz de Direito titular da segunda vara do Tribunal do Júri e Auditoria Militar da Comarca de Rio Branco, Alesson Santos; o comandante do 4º BIS, coronel Guilherme Naves; e o comandante do 7º BEC, tenente-coronel Breno Brito, além da defensora pública-geral, Simone Santiago.

Comentários

Continue lendo

Acre

Com recuo de 2,9%, taxa de desemprego cai no Acre no 2º trimestre

Publicado

em

Por

Dados do Pnad mostram que no primeiro trimestre deste ano a taxa de desocupação ficou em 14,8%, já no segundo recuou para 11,9%.

A taxa de desocupação no Acre caiu no segundo trimestre deste ano, com um recuo de 2,9% em relação ao trimestre anterior, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nessa sexta-feira (12).

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), e mostram que no primeiro trimestre deste ano, a taxa de desocupação ficou em 14,8%, já no segundo recuou para 11,9%.

A queda foi sentida na maioria dos estados brasileiros, em 22 ao todo. Em outros cinco a desocupação se manteve estável. A taxa nacional ficou em 9,3%, com recuo de 1,8%.

Com a redução apresentada, o estado acreano teve o sexto melhor desempenho, entre os 22 com recuo no trimestre.

Esse recuo significa dizer que o estado tem 333 mil pessoas ocupadas nos últimos três meses, ante 321 mil dos três primeiros meses do ano. Em relação à fonte empregadora, a maioria das pessoas do estado estão ocupadas no setor privado (113 mil), seguido do setor público (80 mil).

O levantamento aponta ainda outros fatores como o rendimento, que mostra que a média do acreano gira em tordo de R$ 2.371. A taxa de informalidade no estado é 48,2%.

Comentários

Continue lendo

Acre

“Amigo do Bope” – Alan Rick é homenageado pelo Batalhão de Operações Especiais da PM

Publicado

em

Foto: Júnior Galvão

Nesta sexta-feira, 12 /08, o deputado federal licenciado Alan Rick foi homenageado com a placa de “Amigo do Bope”, entregue a personalidades que contribuíram para estruturação e fortalecimento do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar. A entrega ocorreu durante a solenidade que comemorou os 26 anos do Batalhão.

“Estou muito feliz e extremamente honrado por receber essa homenagem no dia da comemoração dos 26 anos do nosso BOPE. Sou um apoiador da Polícia Militar. Durante os meus mandatos destinei mais de R$ 18 milhões para a nossa segurança pública.” – disse o parlamentar licenciado.

O comandante do Batalhão de Operações Especiais, tenente-coronel Rômulo Modesto, fez uma fala de agradecimento a Alan Rick. “Fazemos esse reconhecimento aos parlamentares, destacando o trabalho do deputado Alan Rick que trouxe grandes benefícios ao nosso batalhão, como, os recursos destinados a aquisição de viaturas, ao nosso estande de tiro, e a unidade de policiamento com cães que fazem com que o nosso batalhão tenha um salto de qualidade nos seus serviços.” – completou.

Essa é a segunda homenagem dedicada pela PM, em 2022, ao deputado Alan Rick. Em julho, o parlamentar recebeu a Medalha de Mérito Coronel Fontenele de Castro, concedida a quem presta relevantes serviços à causa pública e para o progresso da Polícia Militar.

Comentários

Continue lendo

Em alta