Acusado foi encontrado no Bairro Laranjal na cidade d e Xapuri.

Durante a manhã desta quarta-feira, dia 18, uma operação da Polícia Civil do município de Xapuri, sob tutela do delegado Alex Danny e coordenada pelo investigador Eurico Feitosa, além de apoio de agentes do município de Epitaciolândia, conseguiram êxito em retirar das ruas, um foragido da Justiça do Acre.

Cristiano Souza da Silva, natural do município de Brasiléia, é acusado de cometer vários crimes, dentre eles; estupro, roubo e homicídio. Um dos crimes que recai sobre o detido, seria de um fato ocorrido em novembro de 2017, onde este teria sido preso após a denuncia de sua vítima.

Algum tempo depois, este foi agraciado pela Justiça com a liberdade provisória e ao voltar para a cidade, assassinou a vítima que o denunciou a golpes de madeira no Ramal do Prata, zona rural de Epitaciolândia. O caso está que está sendo investigado desde então, se espera o desfecho com sua prisão.

Segundo informações do inspetor Eurico Feitosa, Cristiano vinha residindo a meses no Bairro Laranjal na cidade de Xapuri. Com uma ficha corrida e considerado de alta periculosidade pelas autoridades, este vinha se vangloriando e tentando intimidar os moradores.

O acusado será entrega a Justiça para que as medidas sejam tomadas. Sua transferência para o FOC poderá acontecer nas próximas horas.

Matéria relacionada:

Colono é assassinado a golpes de madeira em ramal de Epitaciolândia

 

Comentários