Os servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Ministério do Meio Ambiente, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), paralisaram as atividades ontem conforme anunciado.

O movimento visa garantir a regularização da progressão anual, que garante a mudança de nível dos servidores, que chegam a 13 níveis, além do aumento do salário cerca de 5%, que foi revogada através de Lei nº 12.856/13, prejudicando os funcionários efetivos das instituições em questão.

A paralisação de advertência tem como objetivo chamar a atenção do governo federal e de parlamentares, para que até o dia 18 de dezembro a situação seja resolvida.

Em Brasília, a movimentação na parte da manhã teve concentração em frente à presidência do Ibama, com saída em carreata até o MPOG (apitaço, buzinaço na entrada do MPOG), e na parte da tarde a concentração em frente à presidência do Ibama e saída em carreata até o Congresso, além de ida ao gabinete dos parlamentares.

(Denis Henrique)

 

greve

Comentários