O prefeito Ilderlei Cordeiro deu início nesta segunda-feira, 1, a terceira etapa da obra de infraestrutura turística no balneário do Igarapé Preto, que reúne R$ 1,6 milhão em investimentos, oriundos de uma emenda do então senador, hoje governador, Gladson Cameli, destinada à Prefeitura por meio da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam).

A restruturação do Igarapé Preto reflete diretamente na economia de Cruzeiro do Sul, tendo em vista que o local é um dos pontos turísticos mais famosos da cidade. O balneário está situado em uma das entradas do município, despertando a atenção dos visitantes para as belezas cênicas da região.

“Fico muito feliz pela Sudan contribuir com essa obra. Espero que ela seja concluída com celeridade, trazendo muitos benefícios para a população de Cruzeiro do Sul”, salientou o superintendente da Sudan, Paulo Roberto.

O prefeito Ilderlei Cordeiro agradeceu o apoio e destacou a importância do investimento. “Agradeço o empenho da nossa equipe. Essa etapa que estamos dando início é muito importante, pois vamos construir a parte de proteção do igarapé, continuar ampliando as calçadas, beneficiando inclusive os cadeirantes, entre outras ações. A nossa expectativa é que tudo seja concluído até o fim deste verão”, frisou.

Ilderlei também agradeceu o governador pelo apoio. “Agradeço ao apoio do governador, que na época como senador destinou essa emenda extra, que hoje nos permite fazer mais esse investimento nessa obra tão importante para Cruzeiro do Sul”, observou o prefeito.

O projeto de infraestrutura turística do Igarapé Preto possui o empenho de R$ 5 milhões, sendo R$ 4 milhões destinados pela Sudan e R$ 1 milhão do Ministério do Turismo. A cerimônia de assinatura da ordem de serviço da obra de infraestrutura turística do Igarapé Preto contou com a presença do vice-prefeito Zequinha Lima, do presidente da Câmara de Vereadores, Clodoaldo Rodrigues, e demais parlamentares.

Orla de Cruzeiro do Sul

Outra obra que vai receber o apoio da Sudan, me Cruzeiro do Sul, é a de construção da Orla no município. Segundo Paulo Roberto, o projeto da orla foi inserido pelo Governo do Estado como prioritário do Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia e vai receber apoio para se concretizar.

Comentários