O curso de formação vai até novembro e a expectativa é a de que iniciem os trabalhos ainda este ano

Os 177 delegados federais aprovados no último concurso da Polícia Federal já estão em treinamento, desde ontem, segunda-feira (10/05), no Curso de Formação Profissional na Academia Nacional de Polícia (ANP), no Distrito Federal. Os aprovados nas categorias de perito criminal, agente, papiloscopista e escrivão também passarão por treinamento. Em maio, decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, autorizou a convocação de 1.047 aprovados no concurso.

As aulas seguem até novembro deste ano. Após serem aprovados na academia, os delegados estão aptos a iniciar o trabalho e serão destacados para ocupar cargos nas delegacias de Polícia Federal espalhadas pelo país. “O início do curso da primeira turma dos futuros Delegados da PF é um marco, pois resulta de um longo trabalho das entidades de classe em defesa do preenchimento dos cargos vagos. Esperamos que em breve seja aberto novo concurso para completar o efetivo da instituição, a fim de que tenha meios para cumprir suas funções constitucionais“, afirmou a presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Federal do Estado de São Paulo (SINDPF SP) e diretora regional da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Tania Prado.

Tania Prado, diretora regional da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) e presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Federal do Estado de São Paulo (SINDPF SP) – Foto: Divulgação

A expectativa é a de que os novos delegados comecem a atuar até o final do ano, o que ajuda a minimizar o déficit de funcionários da PF que, hoje, opera com 4.310 cargos vagos, o menor efetivo desde 2008. Para operar com o quadro completo, a instituição precisa contratar 675 delegados, 127 peritos criminais, 2.414 agentes de polícia, 965 escrivães e 129 papiloscopistas.

Treinamento

O curso, realizado na Academia Nacional de Polícia, funciona sob regime de internato. Os delegados têm aulas das 7h30 até as 18h, de segunda a sábado. As aulas são focadas em gestão policial, investigação, entre outras matérias para a formação teórica e prática. Além disso, são realizados treinos e testes de preparo físico e tiro.

A primeira turma se apresentou neste final de semana na escola e foi recepcionada pela Associação dos Delegados de Polícia Federal (ADPF). “Queremos dar as boas-vindas aos novos delegados que atuarão na defesa da sociedade e fortalecimento da Polícia Federal. Espero que aproveitem o curso e vivam essa experiência incrível na Academia. Há 12 anos, eu vivi a mesma emoção e foi inesquecível”, ressaltou o presidente da ADPF, Edvandir Felix de Paiva.

Comentários