O deputado federal Jesus Sérgio (PDT/AC) e o deputado estadual Janilson Leite (PCdoB) estiveram na tarde desta terça-feira, 12, com o desembargador do Tribunal Regional Federal 1ª Região (TRF), Marcus Augusto de Souza, relator do processo contra a ANEEL, que autorizou o aumento da tarifa de energia do Acre. O encontro ocorreu na sede do (TRF), em Brasília (DF).

Na oportunidade, os parlamentares acreanos apresentaram um relatório minucioso com os principais pontos contrários ao aumento concedido a Eletrobras Acre, agora Energisa, de 21,3%.  Entre os principais pontos questiona-se ainda a aplicação da Bandeira Tarifária, já que o Acre recebe energia elétrica produzida nas Hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio, onde tem água abundante, mas mesmo assim sofre penalidade com a aplicação da bandeira tarifária imposta pela Aneel.

Janilson Leite aproveitou a oportunidade para manifestar a indignação popular devido ao aumento abusivo imposto à população acreana. O parlamentar reforçou a indignação popular  e disse que a população não aguentar pagar uma tarifa exorbitante, totalmente fora da realidade financeira dos acreanos.

Jesus Sérgio aproveitou a oportunidade para reforçar alguns pontos citados no documento elaborado por ele, que também foi apresentado ao diretor geral da Agência Nacional de Energia Elétrica(Aneel), André Pepitone, em reunião com parlamentares acreanos na segunda-feira (11), na sede da Aneel.

O desembargador do Tribunal Regional Federal 1ª Região (TRF), Marcus Augusto de Souza, assegurou aos parlamentares que estará anexando o relatório ao processo, que deverá ser analisado para apreciação e julgamento da matéria. O processo, aberto pela Defensoria Pública do Estado e a da União e o encabeçado pelo deputado estadual Janilson Leite (PCdoB), pede a nulidade do reajuste de energia elétrica no Acre.

Por: Ângela Rodrigues

Comentários