Conecte-se conosco

Extra

Joe Biden vence na Pensilvânia e é eleito presidente dos Estados Unidos

Publicado

em

Joe Biden, candidato democrata à presidência dos EUA, durante evento em Pittsburgh no dia 2 de novembro — Foto: Andrew Harnik/AP

O democrata Joe Biden alcançou os 270 delegados no Colégio Eleitoral neste sábado (7), segundo projeções de diversos veículos de imprensa, número suficiente para derrotar o republicano Donald Trump e se sagrar o 46º presidente dos Estados Unidos.

Embora não oficial, esse tipo de projeção é suficiente para que a sociedade americana reconheça a eleição de um presidente.

Também pediu interferência em um caso pendente na Suprema Corte dos EUA sobre a Pensilvânia, um estado importante da disputa que ainda está contando centenas de milhares de cédulas enviadas pelo correio. O republicano tenta impedir que o estado conte votos que cheguem depois da eleição.

Essas manobras judiciais de Trump ocorreram após ataques do republicano contra a integridade da votação, ao mesmo tempo em que declarou vitória e sugeriu — sem comprovação — que os democratas tentariam fraudar a eleição.

Em seu pronunciamento, Biden rebateu: “Todos os votos precisam ser contados. Ninguém vai tirar nossa democracia, nem agora, nem nunca. A América foi longe demais, lutou em muitas batalhas, a América suportou demais para deixar isso acontecer.”

Trump está tentando evitar se tornar o primeiro presidente em exercício dos EUA a perder uma candidatura à reeleição desde George H.W. Bush, em 1992.

A Associated Press explica que projetou Biden vencedor no Arizona na madrugada de quarta-feira porque o democrata tinha 5 pontos percentuais a mais que Trump (130 mil votos) e 80% dos votos apurados. “As cédulas restantes a serem contadas, incluindo votos pelo correio no condado de Maricopa, onde Biden teve um forte desempenho, não seriam suficientes para Trump alcançar o ex-vice-presidente”, aponta a agência.

Uma mudança demográfica nos últimos anos, incluindo uma população latina em rápido crescimento e um boom de novos residentes — alguns fugindo do alto custo de vida na vizinha Califórnia — tornaram o estado, historicamente um reduto republicano, mais favorável para os democratas.

Muitos dos ganhos foram impulsionados pela mudança política do condado de Maricopa, que abriga Phoenix e seus subúrbios. Foi aí que, para a AP, Biden selou sua vitória. O condado responde por 60% dos votos do estado, e Biden obteve enormes margens ali. Quando a agência deu a vitória ao democrata, ele liderava com 9 pontos percentuais nessa região.

A virtual vitória de Biden marca o retorno de um democrata à Casa Branca desde a saída de Barack Obama, que governou o país entre 2009 e 2017 — e de quem Biden foi vice-presidente.

Casado com Jill Biden, Joe Biden nasceu em 1942 na Pensilvânia, em uma família católica. O democrata se notabilizou na política em 1972, quando, aos 29 anos, se elegeu para o Senado pelo estado de Delaware e se tornou uma das pessoas mais jovens a assumir o cargo na história dos Estados Unidos.

A apuração dos votos deste ano começou dramática para o democrata, que perdeu a Flórida (contrariando a média das pesquisas) e sofreu revezes na Geórgia e na Carolina do Norte — estados onde Biden pretendia virar a vantagem obtida por Trump quatro anos atrás.

Mas outras vitórias em estados-chave, com votos contados apenas no fim, determinaram a vitória de Biden segundo as projeções. Uma das razões foi a previsível demora na contagem dos votos que chegaram por correio.

Mais de 100 milhões de eleitores americanos votaram antes do dia oficial das eleições. Isso representa quase 73% do total de pessoas que foram às urnas em 2016. Desses, mais de 64,5 milhões das cédulas foram enviadas pelo correio.

O voto antecipado foi motivado, entre outras razões, por receio de aglomerações na pandemia. E a maioria desses eleitores votou em Biden, já apontavam projeções feitas antes mesmo do dia da eleição.

A pandemia, inclusive, fez Biden evitar comícios com grandes aglomerações ao longo da campanha. O democrata preferiu fazer reuniões com poucas pessoas — ou, já na reta final, atos políticos com carros.

Temas da campanha e propostas

  • Coronavírus: Biden tem como propostas aumentar o número de testes e torná-los mais acessíveis caso seja eleito. Ele ainda estuda um projeto de lei que obrigaria as pessoas a usar máscaras. Além disso, ele planeja mobilizar 100 mil pessoas para uma espécie de exército de servidores que terão como função rastrear o vírus e a epidemia.
  • Acesso à saúde: o democrata propõe criar uma empresa estatal que vai oferecer planos de saúde mais acessíveis. A ideia é que, dessa forma, os preços vão baixar. Ele também pretende ter uma política de preços para os remédios.
  • Tributos: Biden afirmou que pretende aumentar a alíquota de impostos entre as pessoas de maior renda dos EUA, mas ele prometeu não levantar a taxa para 90% dos contribuintes.
  • Proteção ambiental: a proposta de Biden é começar um movimento para diminuir as emissões e chegar a 2050 como um país neutro. Ele também pretende voltar ao Acordo de Paris. Trump saiu do acordo e acabou com mais de 100 regras para preservar o ambiente eu seu mandato. Ele afirmou que não pretende fazer uma transição de combustíveis fósseis para renováveis.

Relembre a campanha de Biden

No início deste ano, o Partido Democrata fez suas prévias para escolher quem iria ser o adversário de Trump.

Biden começou mal e ficou em quarto na primeira rodada das prévias e sem nenhum delegado na segunda. Mas conseguiu reverter os resultados na Carolina do Sul.

Com o apoio do deputado Jim Clyburn, o democrata mais poderoso do estado, Biden venceu as primeiras primárias presidenciais de sua vida ao conquistar 48% dos votos. Depois, levou todos os estados nas primárias, exceto oito.

Dias antes da convenção nacional de seu partido, Biden escolheu a senadora Kamala Harris, da Califórnia, como vice.

Na convenção, Biden participou por transmissão — uma enorme mudança motivada pela pandemia em relação a outros anos, em que os comícios reuniam milhares dentro de ginásios esportivos.

O democrata ainda se encontrou com Trump em dois debates. Entre um e outro, participou de um programa com eleitores.

A campanha contou na reta final com o reforço de Barack Obama, que fez comícios para poucas pessoas — a maioria delas em carros — e se encontrou presencialmente com Biden para atos no fim de semana antes da votação.

Comentários

Extra

Prefeitura de Brasiléia realiza grande festa para celebrar dia do Gari e Margarida

Publicado

em

Concurso de música e sorteio de vários prêmios comandou a animação

A prefeitura municipal de Brasiléia, por meio da secretaria de Obras, promoveu sábado, 21, no clube da Polícia Militar, almoço regado a muita música para homenagear os Garis e Margaridas do município.

Foi um dia de festa, alegria, descontração e homenagens aos trabalhadores e trabalhadoras que zelam para manter a cidade limpa.

Entre as atrações, sorteio de bicicletas e outros brindes, concurso de dança e o concurso melhor calouro da secretaria, onde o vencedor foi Joel Nascimento.

Participaram do evento o prefeito em Exercício, Carlinho do Pelado, secretário de Obras, Lima Andrade e toda equipe de funcionários da secretária de Obras, equipe da agricultura, presidente do sindicato municipal de administração, Francisco Aelson, além de familiares e amigos dos servidores.

Francisco Dias é funcionário de carreira da secretaria, onde trabalha na limpeza da cidade. De acordo com ele, a festa é uma forma de reconhecer o trabalho de todos. ” Para mim é momento de alegria estar hoje aqui junto com minha família participando dessa festa que foi preparada com carinho para todos nós. A Prefeita reconhece o trabalho dos garis e Margaridas e nosso secretário de obras sempre está apoiando e junto conosco”, disse.

Para o secretário municipal de obras, Francisco Lima a festa é uma homenagem mais que merecida. ” Em virtude da pandemia nós não realizamos a festa ano passado, mas esse ano preparamos um almoço com muito carinho para homenagear nossos funcionários”, afirmou.

De acordo com o Prefeito em exercício, Carlinhos do Pelado, a festa dos Garis é Margaridas é uma forma de homenagear o trabalho desses profissionais ” Estou representando nossa prefeita Fernanda Hassem e dizer que estamos juntos, hoje a prefeitura de Brasiléia está realizando uma bela festa em homenagem aos garis e margaridas, pelo dia 14 de maio, Dia do gari. Eles merecem todo o carinho que temos por eles, pois nossos garis são as pessoas que fazem a nossa cidade ficar mais bonita, limpa, fazendo da nossa gestão uma gestão diferenciada. Quero aqui também agradecer o secretário Lima que está sempre presente, sendo um secretário atuante e parceiro”, afirmou.

Comentários

Continue lendo

Extra

Mutirão Opera Acre atende pacientes em Brasileia, Rio Branco e Cruzeiro do Sul neste final de semana

Publicado

em

Em mais uma edição do programa Opera Acre, 50 pacientes, entre eles, adultos e crianças, estão passando por cirurgia neste final de semana, no Hospital Raimundo Chaar, município de Brasileia. Os atendimentos começaram na sexta-feira, 20, com 20 cirurgias gerais realizadas e termina neste sábado, 21, com previsão de mais 30 procedimentos.

Os principais procedimentos solicitados foram cirurgias de hérnia, postectomias e colecistectomia. Foto: Odair Leal/Secom

O mesmo mutirão também acontece simultaneamente nos municípios de Cruzeiro do Sul com atendimentos ginecológicos e Rio Branco, atendendo pacientes dos municípios de Sena Madureira e Manoel Urbano, para a realização de cirurgias de cabeça e pescoço na Fundação Hospitalar (Fundhacre).

“Os mutirões estão sendo realizados toda semana, em todas as regionais do estado. De março quando retomamos o programa até a presente data, já foram mais de 1.200 procedimentos realizados, entre eles, cirurgias gerais, pediátricas ginecológicas e de cabeça e de pescoço”, informou Paula Mariano, secretária de Estado de Saúde.

O programa Opera Acre iniciou oficialmente em meados de 2019, mas foi suspenso mediante a pandemia. A programação foi retomada em março deste ano, levando mutirões que acontecem ao menos uma vez na semana, em todas as regionais do Acre, reduzindo o tempo de espera e a demanda reprimida de pacientes que aguardam por procedimentos cirúrgicos, além da realização de exames. No total estão sendo investidos R$ 2,8 milhões no programa.

Comentários

Continue lendo

Extra

Ação da Polícia Civil e Gefron resulta na detenção de menor que ‘marcou’ bairro de Epitaciolândia

Publicado

em

Um trabalho conjunto envolvendo policiais civis do município de Epitaciolândia e do Grupo Especial de Fronteira – Gefron, resultou na detenção de um menor de idade que pichou vários locais de um bairro da cidade a mando de um faccionado.

Após o bairro ter vários muros e casas pichado, a denuncia chegou na delegacia e o delegado Luís Tonini, titular do município, montou uma equipe composta por vários policiais, onde realizou a ‘caça’ ao pichador que foi localizado e conduzido à delegacia.

Segundo foi apuado, o jovem fez a ‘pintura’ a mando de um criminoso faccionado que se encontra preso e já foi identificado. “Aqui não se cria esse tipo de situação (…), já identificamos o suposto mandante e os pais desse delinquente irão indenizar e mandar pintar as propriedades”, destacou o delegado.

O jovem irá responder em liberdade pelo delito que é previsto no Código Penal. “Estamos de olhos nesses arruaceiros e não iremos permitir esses grupos criminosos acharem que tem algum domínio em algo. Pedimos que as pessoas denunciem para que tomemos providencias”, destacou o delegado.

Comentários

Continue lendo

Em alta