Jornalista Altino Machado – Foto: Marcos Vicentti

O experiente jornalista Altino a Machado será nomeado diretor da Secretaria de Comunicação do Acre. A informação foi dada pelo próprio jornalista em sua página no Facebook. Ele informou que vai ocupar o cargo a convite do governador Gladson Cameli e da atual secretária de Comunicação, Silvânia Pinheiro.

Abaixo o relato de Altino:

EM PRIMEIRA MÃO –– Nos próximos dias será publicado no Diário Oficial do Acre um decreto do governador Gladson Cameli nomeando-me para o cargo de diretor da Secretaria de Estado de Comunicação.

O convite partiu do governador e foi reforçado por sua secretária de Comunicação Silvânia Pinheiro, experiente jornalista acreana, colega de longa data, que sempre me distinguiu com amizade e respeito ao meu trabalho.

Silvânia enfrenta o desafio de conduzir a comunicação pública do governo de modo democrático, assegurando o debate com as diferenças e o respeito à liberdade de imprensa.

E o meu será o de ajudá-la nesse processo com as redes e mídias digitais, que é o futuro da comunicação, seja ela pública ou privada. Afinado com seu tempo histórico, Cameli é um governante que bem sabe a força delas.

Embora jovem, já tenho 36 anos de exercício no jornalismo profissional, dos quais 16 anos na web. Após o advento da internet e o cerceamento da liberdade de imprensa que se impôs no Acre, em 2003 comecei a trabalhar como blogueiro e a experimentar o YouTube.

Naquele ambiente retrógrado, quando valorizavam apenas o que era impresso, porque acreditavam que o escrito era o que ficaria registrado para a posteridade, passei a ser tratado pejorativamente pelo establishment como “blogueiro” e não mais como jornalista.

Mas o pioneirismo do meu blog, a partir da Amazônia, acabou por alcançar projeção dentro e fora do Brasil. Abriram-se as portas para mim, a ponto de muitos reconhecerem que, sem ele, “no Acre só restariam silêncios e manchetes de um mundo que não é o nosso”.

Ao aceitar o convite, considerei o fato de que o governador, desde que assumiu, tem reafirmado que a imprensa é necessária ao aprimoramento da gestão pública.

Também pesou constatar que o governador não é dado a crises de ódio e histeria quando alvo de críticas da imprensa e do povo nas redes sociais.

Portanto, não poderia recusar o convite do governador e de sua secretária, pois expressa um reconhecimento à minha trajetória profissional.

Comentários