Kinpara poderá assinar a ficha de filiação na presença das principais lideranças tucanas.

Candidato ao Senado em 2018,, o ex-reitor da Ufac, Minoru Kinpara, obteve 112.989 votos./Foto: Reprodução
LAMLID NOBRE

Depois de ser convidado por várias agremiações partidárias e não ter se definido, até então, por nenhuma, tudo indica que o ex-reitor da Universidade Federal do Acre (Ufac), Minoru Kinpara, tenha, finalmente, se decidido a aceitar o convite do PSDB, feito pelo vice-governador Major Rocha. Presente a um café da manhã, na sede do partido na manhã desta sexta-feira (10), Kinpara poderá assinar a ficha de filiação na presença das principais lideranças tucanas.

Candidato ao Senado nas eleições de 2018 pela Rede, mesmo não tendo sido eleito, ao obter 112.989 votos válidos, Minoru começou a ser projetado a uma possível candidatura a prefeito de Rio Branco nas eleições de 2020, o que não poderia consolidar-se por seu partido, uma vez que este não alcançou a cláusula de barreira

Rocha foi um dos que, ainda no ano passado, convidou Minoru para filiar-se ao PSDB, assim como também fez o MDB e, já nesse ano de 2019, os chamados nanicos, entre os quais : PV, Pros, Podemos, PRB e PSOL também entraram na rota de conversas com o ex-reitor. Este, por sua vez, alegando que primeiro decidiria se seria ou não candidato na próxima disputa eleitoral municipal para, então, posteriormente definir por qual partido seria, ainda não havia aceitado nenhum dos convites a ele formulados.

A expectativa em relação ao PSDB, neste contexto, então, fica por conta do fato de que nesta semana, o governador Gladson Cameli (Progressistas) anunciou a jornalistas de política que Rocha seria o “seu” candidato a prefeito de Rio Branco no pleito de 2020. Indagado sobre a pauta, o vice-governador declarou que somente se pronunciaria a respeito neste café da manhã.

O evento na sede do partido conta com as presenças do próprio Rocha, da deputada federal Mara Rocha, deputados estaduais Luís Gonzaga e Cadmiel Bomfim, a ex-prefeita Toinha Vieira, o ex-deputado Zé Vieira,  prefeitos, vereadores e dirigentes estaduais e municipais.

Comentários