Mais um capítulo da dura realidade de uma cidade dominada pela violência.

A vítima agora foi cinco jovens e educador que passaram por um verdadeiro pesadelo na madrugada de hoje nas mãos de três assaltantes fortemente armados.

O assalto ocorreu na Casa Resgate da Jocum, localizada no início da AC 10 que liga Rio Branco ao município de Porto Acre.

Era por volta de meia-noite quando os três bandidos entraram na casa, fizeram reféns os cinco adolescentes e mais um educador que estava de plantão, e fizeram a “limpa”. Levaram CPU de computadores, ventilador, máquina de solda, dois computadores, aparelho de DVD, roupas, sapatos, caixa de som, roupas de cama, tela de computador na caixa, uma televisão, duas bicicletas, além de outros objetos.

Segundo Dionnes Luís da Silva, coordenador da casa, os jovens e o servidor passaram mais de quatro horas amarrados. “Eles só me avisaram por volta de quatro e meia da manhã, quando conseguiram se soltar”, afirma.

O mais impressionante é que há pouco mais de três meses a casa já havia sido assaltada, quando levaram, inclusive, uma motocicleta. “A nossa clínica terapêutica foi vítima de um assalto em dezembro nessa mesma proporção, com adolescentes amarrados e aterrorizados. Nós vivemos nessa constante insegurança e ainda bem que os assaltantes não chegaram na casa dos outros educadores, já que temos seis profissionais que moram no espaço”, afirma Dionnes.

Um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil já investida o caso.

Comentários