Conecte-se conosco

Acre

Justiça acreana suspende liminar que libera dinheiro para Telexfree pagar dívida com hotel

Publicado

em

Conforme a decisão da magistrada Eva Evangelista, o imóvel oferecido pela Telexfree não poderia ser dado como garantia para liberação dos recursos.

Agência ContilNet

Foi acatado pela desembargadora Eva Evangelista o Agravo de Instrumento interposto pela Promotoria de Justiça da Defesa do Consumidor, com pedido de efeito suspensivo da decisão da juíza Thaís Khalil, titular da 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco, que liberava dinheiro para a Telexfree pagar dívidas com a empresa Tijuca Designe Hotel.

A liberação de parte dos recursos da empresa, cujos valores não foram divulgados, foi autorizada pela juíza Thaís Borges no dia 18 setembro, a fim de sanar dívidas oriundas da construção de um hotel no Rio de Janeiro.

Em 25 de novembro, o TJ Acre aceitou o recurso do MP e suspendeu a decisão da juíza Thaís Khalil. O Agravo que suspendeu a decisão é dos procuradores Alessandra Marques, Danilo Lovisaro e Marco Aurélio Ribeiro.

O recurso dos promotores impede que a Telexfree se resguarde através de “caução idônea de registro de hipoteca de imóvel pertencente a terceiro em favor da empresa Ympactus Comercial Ltda., quando, na verdade, deveria favorecer o possível credor da demanda principal, ou seja, o grupo representado pelo Ministério Público”.

Conforme a decisão da magistrada Eva Evangelista, o imóvel oferecido pela Telexfree não poderia ser dado como garantia para liberação dos recursos, “até porque os bens de propriedade da Ympactus Comercial Ltda. já́ estão indisponíveis”.

Para a magistrada, o beneficiário desta hipoteca deve ser o grupo formado pelos divulgadores e investidores da Telexfree.

Em junho deste ano, as atividades da empresa foram suspensas por decisão da juíza Thaís Borges, a fim de apurar denúncia do MPE de que a mesma praticava pirâmide financeira.

Comentários

Acre

Operação apreeende R$ 200 mil reais em dinheiro de organização criminosa que lavava dinheiro do tráfico de drogas

Publicado

em

A Força Tarefa de Segurança Pública do Acre, composta pela Polícia Federal, Polícia Civil e Polícia Militar, apreendeu na manhã de hoje, 25/01/2022, em uma abordagem na Avenida Ceará, Rio Branco-AC, uma grande quantia em espécie. O dinheiro estava na posse de um indivíduo que atuava a mando do líder da organização criminosa desarticulada em 01/12/2021, durante a primeira fase da Operação HÉSTIA.

A ação é um desdobramento da operação que teve o objetivo de combater uma organização criminosa dedicada à lavagem de dinheiro oriunda do tráfico de drogas e que atuava em quatro estados da federação (AC, AM, RJ e RN).

Para lavar o dinheiro proveniente das atividades criminosas, um empresário do ramo de venda de extintores se utilizava de empresas sediadas em Rio Branco, Epitaciolândia e Cruzeiro do Sul, a fim de simular um funcionamento regular dessas pessoas jurídicas para justificar os valores e bens obtidos com o lucro do tráfico interestadual de drogas.

Além disso, apurou-se que com o dinheiro obtido através da venda de entorpecentes, o grupo criminoso também praticava a lavagem de capitais por intermédio de empréstimos – com cobrança de juros exorbitantes – a empresários da capital acreana.

O trabalho de inteligência desenvolvido pela Força Tarefa de Segurança Pública do Acre continuou mesmo após a deflagração da operação e possibilitou a localização e apreensão desse valor pertencente à organização criminosa investigada. O dinheiro foi depositado em uma conta e ficará à disposição da Justiça.

Comentários

Continue lendo

Acre

Menina de 13 anos mata a tia degolada por não poder sair à noite em Feijó

Publicado

em

Uma discussão em família terminou em tragédia na noite dessa segunda-feira, 24, no bairro Esperança, situado no município de Feijó, interior do Acre. Uma adolescente de 13 anos degolou a própria tia, identificada como Antonieta Abreu, em sua residência.

De acordo com informações apuradas pelo ac24horas, a acusada de cometer o homicídio bárbaro não vinha gostando da forma como estava sendo tratada pela tia. Revoltada por não poder sair, ela teria iniciado uma discussão e, não satisfeita, pegou uma faca e travou uma briga corporal com a tia, que acabou degolada. O primo da acusada, filho da vítima, tentou defender a mãe e também foi ferido e amarrado.

Mesmo amarrado em uma cadeira, o menino começou a gritar por socorro e, em seguida, uma guarnição da Polícia Militar invadiu a residência e encaminhou a jovem para o Hospital Geral de Feijó. Na discussão, a sobrinha também foi ferida pelo primo.

Em um áudio divulgado nas redes sociais, a mãe da jovem, que se encontra em Rio Branco realizando tratamento no pulmão, se mostrou surpresa com o crime.

O corpo de Antonieta foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) da região para os devidos procedimentos cabíveis. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Comentários

Continue lendo

Acre

Moradora de rua dá à luz em calçada na frente de maternidade na capital

Publicado

em

Uma mulher em situação de rua deu à luz em plena via pública na manhã desta terça-feira, 25, na capital acreana. A rua em que a mulher entrou em trabalho de parto fica em frente à Maternidade Barbara Heliodora, em Rio Branco.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra que populares flagraram o momento em que a mulher está em pé, observa o próprio recém-nascido na calçada chorando.

Após o ocorrido, uma equipe da maternidade Barbara Heliodora foi avisada e fez o atendimento da criança e da mulher. Ambas foram encaminhadas ao hospital e passam bem.

A reportagem do ac24horas recebeu informações de que a mãe é moradora de rua e possui transtornos mentais.

Comentários

Continue lendo

Em alta