Romário deverá cumprir nove anos em regime fechado.

Foi transferido para a delegacia do município de Brasiléia nesta terça-feira, dia 19, Romário Freitas Gonçalves (29), após o juiz de direito Alex Ferreira Oivane, da Comarca de Assis Brasil, cumprir a execução do Processo nº 0000079-05.2015.8.01.0016, que resultou na decisão da prisão do acusado.

Segundo consta no Autos, no ano de 2015, Romário teria praticado o crime de Estupro de Vulnerável conta a criança de 12 anos, com ajuda de uma mulher identificada no Processo como, Isabel Maciel Rodrigues, que teria induzido a criança a satisfazer os prazeres libidinosos do condenado.

Momento da chegada de Romário na delegacia de Brasiléia.

Romário teria aguardado o resultado do caso em liberdade, uma vez que o Ministério Público vinha trabalhando para que o acusado na época, fosse penalizado dentro dos rigores da Lei.

O caso que vinha durando quatro anos, teve seu desenrolar nesta terça-feira, quando o mandado de prisão foi emitido pelo Juiz da Comarca. Romário foi condenado a cumprir em regime fechado, nove anos no presídio Francisco de Oliveira Conde, na Capital do Acre, Rio Branco.

Romário deverá ser transferido para o presídio FOC dentro das próximas horas, onde deverá iniciar o cumprimento de sua pena. A sentença condenatória ainda é passível de recurso por estar em Primeira Instância e dentro do prazo sucursal.

Comentários