Momento da chegada de Maria ‘Caboca’ na delegacia de Xapuri após ser detida.

Juiz da comarca do município de Xapuri condenou Maria do Socorro, conhecida por ‘Caboca’ pelo crime de tráfico de drogas a uma pena de 10 anos e 06 meses, juntamente com Raimundo Meyke Teixeira, a 14 anos de prisão.

A prisão dos condenados ocorreu na tarde desta quinta-feira, 22.  Maria do Socorro da Silva, vulgo “Caboca”, foi presa em flagrante pela equipe do inspetor Eurico Marques Feitosa, em outubro de 2017 pela prática de tráfico de entorpecentes na Comarca de Xapuri.

Dia da prisão de Meyki, com apoio de policiais militares – Foto: arquivo

Foi denunciada pelo Ministério Publico e o magistrado titular da Comarca de Xapuri, acolhendo o pedido ministerial, que a condenou como incursa nas sanções do Art. 33, 35 e 40 da Lei de Drogas, a uma pena de 10 anos e 06 meses de reclusão em regime fechado.

Drº Luís Gustavo Alcalde Pinto, determinou a expedição de mandado de prisão para a dupla iniciar o cumprimento da pena.

Todavia a condenada estava respondendo o processo em prisão domiciliar em virtude de ter sido beneficiada por um Habeas Corpus do STJ em Brasília e o Tribunal de Justiça do Acre, em maio do ano em curso, negou provimento ao recurso da ré “cabeça”, confirmando a sentença do juiz de primeiro grau Drº Luís Gustavo Alcalde Pinto, que na data de hoje, determinou a expedição de mandado de prisão para a condenada iniciar o cumprimento de sua pena de 10 anos e 06 meses de reclusão em regime fechado pela prática de tráfico de drogas e associação criminosa, sendo o mandado de prisão cumprida de forma rápida e eficiente pela Polícia Civil de Xapuri através do inspetor Eurico Marques Feitosa e sua equipe de agentes e investigadores.

Para o magistrado da Comarca de Xapuri, “o cumprimento das ordens judiciais, de forma rápida e efetiva pela Polícia Civil de Xapuri merece destaque e elogios, pois garante a paz social no município, promovendo segurança à toda a sociedade xapuriense”, destacou do magistrado.

De acordo com o delegado titular de Xapuri, Alex Danny, Maria do Socorro vai ser transferida para o presídio da capital nos próximos dias.

Matéria relacionada:

Bocada da ‘Caboca’ em Xapuri é fechada pela Polícia Civil

Comentários