O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em matéria postada nessa sexta-feira, 13, em seu site oficial, apontou que, frequentemente, eleitores entram em contato com a Justiça Eleitoral relatando terem recebido mensagens de e-mail ou via aplicativos de smartphones informando que seus títulos de eleitor seriam cancelados.

Esses comunicados, segundo o TSE, pedem que o eleitor atualize a sua situação cadastral por meio de um link de origem duvidosa. “Contudo, essas mensagens são falsas e, provavelmente, usadas por criminosos para coletar informações das pessoas que podem, consequentemente, ser usadas em golpes”.

Nesse sentido, a orientação é para que a mensagem seja apagada imediatamente e que não se clique, em hipótese alguma, nos links oferecidos no e-mail, pois a Justiça Eleitoral não envia e-mails a eleitores, nem autoriza outra instituição ou parceiro a fazê-lo em seu nome.

Para consultar a sua situação cadastral, o eleitor precisa se dirigir ao cartório eleitoral mais próximo ou, ainda, acessar o Portal do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) ou do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na internet. Lá, encontrará a página que contém a seção “Serviços ao Eleitor”, onde é possível verificar a situação cadastral do título, validar documentos e consultar o local de votação.

Comentários