Jessé tinha madando de prisão desde o dia 22 – Foto: arquivo pessoal

Policiais Civis da Delegacia de Sena Madureira prenderam na tarde deste domingo (24), o desempregado Jessé Saldanha Nogueira, 33 anos, acusado de jogar água fervendo em sua ex-esposa, Angelândia Silva Miranda que está hospitalizada em Rio Branco.

A prisão foi ordenada por juiz Fábio Alexandre Costa de Farias, que acatou o pedido do delegado Marcos Frank Costa, que decidiu pedir a prisão depois de solicitar novo laudo médico da vítima.

Agerlândia sofreu queimaduras de terceiro grau nas pernas e na genitália e o estado de saúde dela inspira cuidados – Foto: arquivo pessoal

O mandado de prisão foi expedido no último dia 22 e desde então os policiais tentavam prender Jessé que mudava de endereço constantemente.

Na tarde deste domingo, a polícia monitorou o acusado e conseguiu prende-lo próximo da casa de um parente.

“Ele não esboçou reação e já foi encaminhado ao presídio onde já está a disposição da justiça”, confirmou o delegado.

Jessé vai responder pelo crime de lesão corporal grave e se condenado, pode passar até cinco anos na prisão.

Mulher teve queimaduras de terceiro grau após agressão do ex — Foto: Arquivo pessoal

O crime

No dia 13 de fevereiro, segundo o inquérito da polícia, Jessé jogou uma panela com água fervendo nas partes íntimas de sua então companheira, Angelândia Silva Miranda. Ainda segundo a investigação, o casal estava, estava em processo de separação, mas Jessé não aceitava o fim do relacionamento. Um dos trechos do inquérito relata: “Viviam se estapeando e já estavam se separando, mas o acusado não aceitava o fim do relacionamento”.

O crime aconteceu dentro da residência onde o casal morava e no momento da agressão, três crianças presenciaram o ato, classificado como covarde para autoridade policial. Uma das crianças que testemunhou a agressão é filha de Jessé, as outras duas são do primeiro casamento da vítima.

Antes da prisão, os policiais cumpriram outra medida judicial, e tiraram as crianças da companhia do agressor.

Algerlândia sofreu queimaduras nas pernas, virilha e na vagina, e está internada no setor de queimados do Hospital de Urgência e Emergência em Rio Branco.

Veja mandado de prisão emitido pelo Juiz da Comarca da cidade.

Sena Madureira: Marido queima parte íntimas da esposa com água quente

Jairo Barbosa, para o oaltoacre.com

Comentários