Conecte-se conosco

Extra

Justiça realiza audiência de instrução e julgamento que pode levar o sargento Nery à Júri Popular

Publicado

em

Comarca de Epitaciolândia, onde acontece a Audiência de Instrução e Julgamento, que poderá levar sargento da PM do Acre, à Juri Popular, ou não – Foto: Alexandre Lima

Por Fernando Oliveira

Acontece entre está terça-feira e quarta-feira (26), na Vara Única da Comarca de Epitaciolândia a Audiência de Instrução e Julgamento do Sargento Nery da PM que foi denunciado pelo Ministério Publico do Acre (MPAC), em 02 de fevereiro deste ano, mas, está detido há oito meses no Batalhão de Operações Especiais – Bope, em Rio Branco.

Conforme denúncia do Ministério Público do Estadual, Sargento Nery é acusado de tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima, porte irregular de arma de fogo de uso permitido e por lesão corporal de natureza grave, contra o estudante de medicina Flavio Endres, de 30 anos. Além de desferir socos e chutes após atirar por quatro vezes à queima-roupa contra a vítima.

Ainda de acordo com a denúncia, Nery estava com duas companheiras que até então formavam o ‘trisal’ da fronteira, em um bar em Epitaciolândia no dia 28 de novembro do ano passado, quando aconteceu uma confusão entre a vítima e uma das esposas do policial.

A primeira Audiência de Instrução e Julgamento sobre o caso Nery estava prevista para acontecer dois meses atrás, no dia 09 de junho. Mas, advogada de defesa do militar, Dra. Helane Christina, apresentou um dia antes na Comarca de Epitaciolândia, um atestado médico de 30 dias, por motivos de saúde, e por isso, não poderia fazer a defesa na data marcada.

Na época, o Juiz substituto da Comarca de Epitaciolândia, Dr. Clóvis de Souza Lodi, aceitou os argumentos da defesa e adiou Audiência de Instrução e Julgamento para ser definida uma nova data.

No início do mês, a Juíza titular da Vara Única de Epitaciolândia Dra. Joelma Ribeiro Nogueira, confirmou para os dias 26 e 27 de julho, a Audiência de Instrução e Julgamento que acontece no Fórum de Epitaciolândia, e que pode levar ou não o Sargento Nery a júri popular.

A vítima Flavio Endres (e) já foi ouvido hoje pela manhã com outras testemunhas. O réu, Sargento Nery (d), será o último a ser ouvido nessa Audiência

Ao todo no processo são 19 testemunhas, sendo 16 de acusação e 3 de defesa. Destas, 15 participarão por vídeo conferência e 4 de forma presencial. Entre elas, a delegada Dra. Carla Ivane, responsável pelo inquérito policial do caso e que decretou a prisão do Sargento Nery, um dia após ele cometer, segundo o MP, o crime em 29 de novembro do ano passado.

A vítima Flavio Endres já foi ouvido hoje pela manhã com outras testemunhas. O réu, Sargento Nery, será o último a ser ouvido nessa Audiência de Instrução e Julgamento, só então a magistrada fará a pronúncia se ele vai a júri popular ou não.

O Ministério Público está sendo representado nessa audiência pelo Promotor Justiça Dr. Thiago Salomão, responsável pela suspenção da denúncia do MPAC contra o sargento Nery.

De acordo com informações do Fórum de Epitaciolândia, depoimentos serão suspensos a partir das 14 horas e retornarão amanhã, a partir das 8 horas na Comarca.

O processo segue em segredo de justiça a pedido da defesa que teve a segunda decisão favorável ao Sargento Nery em junho.

O Comando Geral da Polícia Militar do Acre divulgou uma nota de esclarecimento à época dos fatos em novembro de 2021 passado, sobre o caso do sargento Erisson Nery.

Na publicação, o Comando Geral informa que está apurando disciplinarmente os fatos e que adotará as medidas disciplinares cabíveis, ficando sob responsabilidade da Polícia Civil, a apuração criminal.

Veja a nota na íntegra.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sobre os fatos envolvendo os policiais militares Sargento Erisson Nery e Sargento Alda Radine, no município de Epitaciolândia, na noite deste sábado, 27, a Polícia Militar do Acre (PMAC) informa que está apurando disciplinarmente os fatos e tomará as medidas disciplinares pertinentes e que a apuração criminal caberá à Polícia Civil.

Esclarece que até o presente momento o policial militar Sargento Erisson Nery ainda não foi localizado, nem tampouco se apresentou, no entanto a PM continua em diligências com o fim de localizá-lo.

A instituição reafirma que não compactua com ações que firam as normas legais ou que contrariam os valores castrenses seguidos pela corporação ao longo de sua história.

Atitudes tomadas por quaisquer membros da corporação no âmbito de suas vidas institucional, e devem ser apuradas à luz do que determina a legislação.

Rio Branco-AC, 28 de novembro de 2021.

Paulo César Gomes da Silva – Coronel PM

Comandante-Geral da PMAC

Entenda o caso

Dra. Joelma Ribeiro, Juíza da Vara Criminal de Epitaciolândia responsável pelo caso negou em abril deste ano, o pedido de insanidade mental de sargento Erisson Nery e agora a defesa dele tenta derrubar decisão na Justiça. E por isso Advogada pediu ainda a suspeição da magistrada, alegando que não há imparcialidade.

Sargento Nery é acusado de atirar quatro vezes a queima roupa contra o estudante Flávio Endres Ferreira (30), em novembro do ano passado em um bar de Epitaciolândia. A vítima está com sequelas em umas das mãos e braço e após passar por cirurgia na região do abdômen e ficar internado vários dias no pronto-socorro de Rio Branco. O jovem recebeu alta médica no início de dezembro passado.

O Militar ficou famoso nas redes sociais após assumir ‘trisal’, com a mulher também sargento da PM do Acre, Alda Nery, e Darlene Oliveira. Os três moravam em Brasileia e de acordo com informações, há alguns meses a sargento fazia tratamento psicológico, quando o casal voltou a gerar polêmica ao surgir boatos de separação.

Comentários

Extra

Gladson vence em Assis Brasil com 65% dos votos e prefeito Jerry se consolida como grande liderança do Alto Acre

Publicado

em

Assis Brasil foi um dos municípios acreanos em que Gladson venceu com uma votação expressiva. Foram quase 1.700 votos de diferença do segundo colocado, ex-senador Jorge Viana. A candidata Mara Rocha tirou apenas 184 votos, enquanto o Senador Petecão ficou com 143.

Os números revelam a grande liderança do prefeito da cidade, o jovem Jerry Correia, que mesmo sendo do PT não deixou de apoiar a reeleição do governador. Jerry foi o coordenador da campanha em Assis Brasil e conseguiu unir a grande maioria dos eleitores da sua cidade em torno do discurso de boas parcerias com o governador.

Ameaçado de ser expulso do partido, Jerry Correia conseguiu provar que sua liderança não está apenas no campo da esquerda. A boa gestão que vem fazendo em Assis Brasil tem colocado o gestor como um dos melhores prefeitos do Acre.

Comentários

Continue lendo

Extra

“Vamos levar o Acre a um novo tempo”, afirma Gladson Cameli

Publicado

em

Em sua primeira entrevista coletiva à imprensa após a confirmação de vitória em primeiro turno, na noite deste domingo, 2, Gladson Cameli agradeceu a Deus e ao povo acreano pela oportunidade de continuar governando o Acre pelos próximos quatro anos.

“Quero agradecer a Deus por esta caminhada. Levamos uma mensagem às pessoas nos lugares mais difíceis. Agradeço, também, a minha família por sempre estar ao meu lado”,afirmou.

Cameli comentou sobre a expressiva votação alcançada. Junto com Mailza, Gladson obteve 232.100 votos, o que representa 56,75% do total. “As urnas não mentem. A votação deu a cada um o tamanho que tem. Para mim, o recado foi claro”, explicou.

Na oportunidade, Gladson dedicou a vitória a memória da jovem Kevysla Fernandes, falecida na última sexta-feira, 30, durante uma carreata. “Em nome dela, triplica a minha responsabilidade de fazermos muito mais pelo nosso povo”, pontuou.

Cameli reafirmou, ainda, seu compromisso de honrar cada voto recebido nestas eleições. “Vamos levar o Acre a um novo tempo. Nosso principal desafio é diminuir o alto índice de desemprego. Faremos isso com mais obras de infraestrutura e criando as condições para gerarmos mais emprego e renda para o nosso povo”, enfatizou.

Ao lado da futura vice-governadora, Mailza Gomes, da mãe, Linda Cameli, e do candidato ao Senado, Ney Amorim, o governador aproveitou para agradecê-los e dizer que a participação deles em seu segundo mandato será fundamental para levar os investimentos que o Acre precisa para seguir avançando.

“A Mailza terá um papel fundamental para meu ajudar a cumprir as promessas que fizemos para o segundo mandato, principalmente, aquelas voltadas às mulheres. O Ney também já está convidado para fazer parte da nossa equipe”, argumentou.

Gladson finalizou a entrevista com a declaração de apoio ao presidente Jair Bolsonaro neste segundo turno das eleições. “Meu apoio sempre foi e será do presidente Bolsonaro. Tenho gratidão por tudo que ele fez pelo nosso estado e continuarei fazendo campanha para ele aqui no Acre”, expôs.

Este slideshow necessita de JavaScript.

#

Comentários

Continue lendo

Extra

Galdson Cameli é reeleito governador do Acre com vitória histórica

Publicado

em

O governador do Acre, Gladson Cameli (PP), juntamente com sua vice, a ex-senadora  está matematicamente reeleito. Com 222.834 votos e 92, 66% das urnas apuradas, Cameli tem 56,69% dos votos validos, contra 92.094 votos de Jorge Viana, do PT, que totaliza 24,37%. Matematicamente o atual governador não poderá ser superado.

Os demais concorrentes aparecem como diziam as pesquisas, com Mara Rocha (MDB) em terceiro e Sérgio Petecão (PSD) em quarto.

Militantes do PP já estão no Palácio Rio Branco, numa festa debaixo de chuva. O governador vai conceder uma coletiva de imprensa daqui a pouco no comitê da Isaura Parente.

Na fronteira do Acre, nas cidades de Brasiléia e Epitaciolândia, apoiadores estão esperando o resultado oficial para os novos deputados estaduais e federais para se juntarem na praça central Ugo Poli e realizar motocarreata pelas ruas das duas cidades.

Comentários

Continue lendo

Em alta