Após cinco meses de um levantamento minucioso sobre o patrimônio do Estado herdado da gestão passada, o governo do Acre descobriu que 251 dos 2.137 veículos oficiais do Estado sumiram. A revelação foi feita na manhã desta quinta-feira, 22, pelo governador Gladson Cameli. Há uma investigação em curso para descobrir como esses carros sumiram, os responsáveis e o paradeiro de cada um deles.

“O Estado tem 2.137 veículos e tem 251 veículos que ninguém sabe onde está. Isso é o governo que eu peguei do petezinho. Eu quero saber onde estão esses 251 carros, pois isso é dinheiro público, é nosso. Se um veículo que é grande já tem 251 sumidos imagina as outras coisas”, disse o governador, que ironizou: “E o Acre é o melhor lugar pra se viver, não tem problema nenhum, tá tudo certo”.

O governador afirmou ainda que “a único coisa que presta é o carro oficial que eu peguei” que é pouco utilizado por ele. “Peguei um cheque sem fundo de um bilhão”, acrescentou.

Sem dar maiores detalhes, ao falar sobre os inúmeros problemas na Saúde pública, o governador acrescentou que até um mamógrafo da Fundação Hospitalar do Acre havia sido furtado.

Gladson Cameli solicitou à equipe técnica da Secretaria de Planejamento e Gestão que promova um leilão dos atuais veículos pertencentes ao Estado.

Comentários