Conecte-se conosco

Acre

Mãe de jovem que morreu após ser filmado em chão de hospital no AC com falta de ar pede R$ 605 mil de indenização: ‘Quero justiça’

Publicado

em

Maria da Conceição entrou na Justiça contra o Estado pela morte do filho Bruno Oliveira Lima, de 17 anos. Adolescente morreu dentro do Hospital Estadual Sansão Gomes, no dia 28 de dezembro do ano passado. Estado disse que está tomando conhecimento e seguirá com os trâmites de análise dos autos do processo.

A dona de casa Maria da Conceição da Silva Oliveira, de 38 anos, entrou na Justiça com um pedido de indenização no valor de R$ 605 mil pela morte do filho Bruno Oliveira Lima, de 17 anos. O rapaz morreu no dia 28 de dezembro de 2021 no Hospital Sansão Gomes, em Tarauacá, interior do Acre.

Antes do óbito, que ocorreu em um dos leitos da unidade de saúde, Bruno Lima foi filmado deitado no chão do hospital agonizando com falta de ar enquanto esperava atendimento. As imagens foram feitas por um parente do jovem e viralizaram nas redes sociais.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) e o órgão disse que “de acordo com a Divisão de Processos Judiciais, o Estado está tomando conhecimento do processo e seguirá com os trâmites de análise dos autos do processo.”

A certidão de óbito da vítima diz que a causa da morte foi insuficiência respiratória e pneumonia. Na época, a Secretaria de Saúde Municipal afirmou que o caso era investigado.

Para a mãe de Bruno Lima, houve negligência médica no atendimento. Ela contou ao g1 que o filho chegou na unidade de saúde por volta das 6h e ouviu de um enfermeiro que não poderia atender o rapaz porque ele estava sem máscara.

A máscara foi providenciada pela família e a triagem do paciente foi feita por volta das 9h. “Disseram que ele não era prioridade, que poderia aguardar. Nisso, foram atender ele quase 11 horas depois que ele estava naquela situação”, relata a mãe.

Maria da Conceição é mãe de sete filhos, mas, Bruno era quem ajudava a sustentar a família. Ela conta que o rapaz trabalhava desde a adolescência para ajudar na renda familiar. “Eu que levei ele, estava lá com ele. Pedi para atenderem, mas falaram que não era prioridade, estava no chão muito ruim e falaram que não era prioridade, que primeiro eram os idosos, crianças e depois ele”, relembrou.

Dedos roxos

 

A mãe recorda também que o filho reclamava que quando tossia sentia dor no peito e tinha falta de ar. Maria da Conceição relata ainda que chegou a avisar três vezes às equipes da enfermaria que o rapaz não estava bem.

“Ele foi para a sala de observação e ficou lá. A médica pediu um raio-X, ele foi fazer e voltou para a cama, vi que ele estava com as unhas e os dedos ficando roxos e dizia que não sentia as pernas. Falei para o enfermeiro e ele disse que era só uma agitação do sangue. Logo depois a médica veio e disse que ele estava em óbito”, afirmou.

Jovem apareceu em vídeo tossindo muito no chão de hospital no interior do Acre  — Foto: Reprodução

Jovem apareceu em vídeo tossindo muito no chão de hospital no interior do Acre — Foto: Reprodução

Maria da Conceição contratou a advogada Laiza dos Anjos e entrou na Justiça com uma ação contra o Estado, já que o hospital é de competência da Sesacre.

“Ninguém conversou comigo. Na hora não falei nada, mas pensei comigo mesmo depois [e decidiu entrar na Justiça]. Quero justiça para que outra pessoa não passe por isso”, afirmou.

Processo

 

A advogada Laiza dos Anjos entrou com a ação na Vara Cível da Comarca de Tarauacá. Ela disse que esse tipo de ação é para evitar que outras pessoas passem pela mesma situação.

“A indenização também é uma forma de educar para que não aconteça com outras pessoas. Em menos de dois meses, o meu escritório tem duas ações envolvendo a saúde de Tarauacá. Tem um bebê que morreu na maternidade após a mãe procurar atendimento quatro vezes, então, são coisas que vêm acontecendo que não são de agora. Esse tipo de indenização é mais para educar mesmo, porque não vai sanar a dor da família”, argumentou.

Comentários

Acre

Homem morre atropelado ao tentar atravessar BR na Capital

Publicado

em

Na noite deste Sábado, 28, na Br 364, sentido Porto Velho Rio Branco, próximo a entrada da Cidade do Povo, após a empresa JBS, um grave acidente ceifou a vida um homem ao atravessar a pista.

O homem identificado por Alderi dias de Almeida de 44 anos, foi atropelado na noite de hoje na BR 364 quando foi fazer uma travessia na pista, segundo informações, achando que daria tempo chegar ao outro lado da via uma caminhonete em alta velocidade o atingiu vitimando Alderi.

Segundo informações, Alderi desceu de uma moto e não percebendo que a caminhonete vinha em alta velocidade o mesmo foi fazer a travessia quando foi atingido violentamente tendo morre instantânea.

A Batida foi tão violenta que arremessou a vítima cerca de 80 metros de distância do local inicial da batida, segundo informações.

A viatura 01 de suporte avançado do SAMU foi acionado, chegando no local apenas constatou o óbito.

Vídeo abaixo:

 

Comentários

Continue lendo

Acre

PRF apreende mais de 40 kg de cocaína em compartimento secreto de Corsa na BR-364

Publicado

em

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 43,4kg de cocaína na noite desta sexta-feira (27). A equipe abordou um GM Corsa em frente a Unidade Operacional da PRF no km 115 da BR 364. Durante conversa com o motorista, o nível de suspeita dos policiais aumentou, pois o homem parecia nervoso e não soube informar o motivo da viagem e seu destino final.

Após uma busca veicular minuciosa, a equipe encontrou um compartimento preparado na carroceria do veículo, embaixo do banco traseiro, onde foram encontradas 42 embalagens contendo 43,4kg de cocaína.

O motorista foi preso e encaminhado para a Delegacia de Flagrantes da Polícia Civil, em Rio Branco.

Comentários

Continue lendo

Acre

Acre não registra infecções ou mortes por Covid-19 neste sábado, dia 28

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informa que não foi confirmado nenhum caso novo de infecção por coronavírus neste sábado, 28 de maio. O número de infectados é de 124.975 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 327.325 notificações de contaminação pela doença, sendo que 202.330 casos foram descartados e 20 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 122.930 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 2 seguiam internadas até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Nenhum óbito foi notificado neste sábado, 28, fazendo com que o número oficial de mortes por covid-19 permaneça em 2.002 em todo o estado.

Sobre os casos de covid-19 no estado, acesse:

BOLETIM_AC_COVID_28_05_2022_PARCIAL
Sobre a ocupação de leitos no estado, acesse:

http://covid19.ac.gov.br/monitoramento/leitos
Rio Branco – AC, 28 de maio de 2022.

Secretaria de Estado de Saúde

Comentários

Continue lendo

Em alta