Conecte-se conosco

Cotidiano

Maioria do STF vota para realização de concurso da PF no domingo

Publicado

em

Ação questiona manutenção do concurso diante da pandemia

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou hoje (21) para liberar a realização do concurso público da Polícia Federal (PF) neste domingo (23). Cerca de 320 mil candidatos estão inscritos para as provas de seleção para os cargos de delegado, agente, escrivão e papiloscopista.

Até o momento, o placar da votação está em seis votos a um para a manutenção das provas. A votação é realizada de forma virtual, na qual os ministros inserem seus votos no sistema eletrônico do STF. Os demais ministros ainda podem votar até as 23h59. A Corte é composta por 11 membros.

Os ministros julgam a ação protocolada por uma candidata questionando a realização do certame mesmo diante da pandemia da covid-19 e de decretos locais que restringem a circulação e a aglomeração de pessoas nos municípios.

A maioria dos ministros que já proferiu voto acompanhou o entendimento do ministro Alexandre de Moraes. Para o ministro, a autonomia dos estados e municípios para tomar decisões de contenção da pandemia não pode interferir em questões relacionadas à administração pública federal.

“Admitir-se tal solução seria admitir a interferência dos municípios e estados no exercício da administração da União, o que violaria a própria lógica do federalismo e da autonomia dos entes”, argumentou.

O voto de Moraes foi acompanhado pelos ministros Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Luiz Fux e Nunes Marques.

O ministro Marco Aurélio também rejeitou a ação, mas por questões processuais. O ministro entendeu que a reclamação constitucional não é ação adequada para questionar a realização de um concurso.

O relator do caso, ministro Edson Fachin, defendeu a suspensão do concurso, mas ficou vencido.

Segundo Fachin, a prova obrigará os candidatos a se deslocarem para outras cidades e poderá colocar em risco os sistemas de saúde locais.

“Havendo este Supremo Tribunal Federal reconhecido a legitimidade dessas medidas restritivas, desde que amparadas em evidências científicas, não pode a União, sem infirmar ou contrastar essas mesmas evidências, impor a realização das provas e a ofensa aos decretos locais, havendo razões e recomendações das autoridades sanitárias que amparam as restrições locais”, argumentou.

Comentários

Cotidiano

Surpreso, Carlos Sainz conquista sua 1ª pole na Fórmula 1

Publicado

em

Espanhol faz primeira fila do GP da Inglaterra com Max Verstappen

Por Alan Baldwin – Silverstone (Inglaterra)

Surpreso, Carlos Sainz conquistou sua primeira pole position na Fórmula 1 neste sábado (2), com o líder do campeonato, Max Verstappen, da Red Bull, juntando-se ao piloto da Ferrari na primeira fila do GP da Inglaterra.

O espanhol, que disputará sua corrida de número 150 em Silverstone no domingo (3), fez um esforço de última hora com uma volta de 1min40s983, com Verstappen terminando 0s072 mais lento.

“Eu não esperava isso”, disse Sainz pelo rádio enquanto diminuía a velocidade.

Charles Leclerc, da Ferrari, classificou-se em terceiro debaixo da chuva.

Sete vezes campeão mundial e oito vezes vencedor do Grande Prêmio britânico, Lewis Hamilton começará sua corrida em casa em quinto lugar com a Mercedes, com Sergio Perez, da Red Bull, em quarto.

Sainz, de 27 anos, disse que encontrou dificuldades com a água e teve medo de rodar.

“No final, fiz uma volta que não achei nada especial, […] e foi a pole position, o que foi uma surpresa”, acrescentou.

“Eu não tinha ideia de onde terminaria na classificação porque as condições eram muito variáveis”.

O espanhol ainda não venceu um GP, mas, com a Ferrari esperando ter um ritmo de corrida forte, passou a sentir que isso também é possível.

O campeão mundial Verstappen rodou na sessão final antes de ser o mais rápido e foi vaiado por alguns da torcida durante as entrevistas pós-qualificação, um eco persistente da feroz batalha pelo título do ano passado com Hamilton.

A dupla bateu em Silverstone em 2021, com o piloto holandês abandonando, mas Verstappen negou a Hamilton o oitavo título em circunstâncias controversas na corrida de Abu Dhabi, que encerra a temporada.

“Foi uma qualificação bastante complicada, com chuva”, disse Verstappen, que foi o mais rápido nas duas primeiras sessões, mas teve que desacelerar no final devido a uma bandeira amarela.

“Estava chovendo, secando, então você tinha que estar na pista na hora certa. Acho que no geral o carro estava funcionando muito bem […] acho que ainda estar na primeira fila é muito bom para nós e temos um bom carro no seco e no molhado”, completou.

Verstappen está 46 pontos à frente do rival mais próximo, Perez, após nove das 22 corridas, com a Red Bull buscando sua sétima vitória consecutiva.

 

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Brasileiro: Fluminense goleia Corinthians e dá salto na classificação

Publicado

em

Perto da aposentadoria, artilheiro Fred (foto) marca no fina

O Fluminense deu um salto na classificação do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Corinthians por 4 a 0, na tarde deste sábado (2) no estádio do Maracanã, em um dos jogos que abriu a 15ª rodada da competição.

Com a vitória o Tricolor das Laranjeiras chega aos 24 pontos, ocupando no momento a 4ª posição da classificação. Já o Timão caiu para a 3ª posição com 26 pontos, sendo ultrapassado pelo Atlético-MG, que bateu o Juventude neste sábado.

Diante de um Corinthians muito desfalcado, e que prioriza no momento a Copa Libertadores (pela qual enfrenta o Boca Juniors, da Argentina, na próxima terça em busca de uma vaga nas quartas de final), a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz comandou as ações desde o princípio.

Assim, o primeiro gol saiu logo aos 14 minutos, quando o colombiano Arias cobrou escanteio e o zagueiro Manoel subiu muito para marcar de cabeça. Este foi o 5º gol do defensor em 2022. Mantendo o domínio, o Fluminense ampliou sua vantagem antes do intervalo.

E o gol surgiu novamente de uma jogada de bola parada de Arias. O colombiano cobrou falta da entrada da área, desta vez para o argentino Germán Cano, que não perdoou.

Na etapa final o técnico Vítor Pereira ainda tenta mudar o panorama da partida com algumas substituições, mas a tônica continuou a mesma, com o Fluminense mandando no jogo. Com o domínio, o Tricolor conseguiu chegar ao terceiro, desta vez em rápida jogada de contra-ataque.

Aos 25 minutos Caio Paulista partiu em velocidade do campo de defesa do Tricolor, tocou para Matheus Martins, que virou para Samuel Xavier, que chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro para Cano finalizar de primeira para vencer o goleiro Cássio. Com este gol, o camisa 9 do Fluminense passou a dividir a artilharia do Brasileiro com seu compatriota Calleri, do São Paulo.

Porém, o lance mais marcante da partida ainda estava por vir. Com a vantagem no marcador, o técnico Fernando Diniz decidiu homenagear o atacante Fred, que se despedirá dos gramados no próximo sábado (9) no jogo contra o Ceará. O camisa 9 entrou em campo no lugar de Cano nos últimos minutos e marcou o quarto gol do Tricolor.

Já aos 45 minutos da etapa final, Samuel Xavier tocou para Martinelli, que cruzou para Fred vencer o goleiro Cássio. Este foi o gol de número 199 do atacante pelo Fluminense, pelo qual disputou 381 jogos. Um belo final para uma grande vitória.

Comentários

Continue lendo

Acre

Separados por um ponto, Santos e Flamengo duelam pelo Brasileiro

Publicado

em

Confronto às 19h na Vila Belmiro será transmitido pela Rádio Nacional

O Santos recebe o Flamengo neste sábado (2), às 19h (horário de Brasília), pela 15ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Peixe ocupa a sétima colocação na tabela, com 19 pontos, um a mais que o Rubro-Negro, que está em nono. A partida na Vila Belmiro, em Santos (SP), será transmitida ao vivo pela Rádio Nacional, com narração de André Marques, comentários de Waldir Luiz, reportagem de Rodrigo Ricardo e plantão de notícias com Wagner Gomes.

Na última quinta-feira (30), o Alvinegro Praiano anunciou que os cerca de 15 mil ingressos colocados à venda foram vendidos. A torcida vive a expectativa de o time voltar a vencer em casa, o que não ocorre desde 18 de maio, quando bateu o Union La Calera (Chile) por 1 a 0, ainda na primeira fase da Copa Sul-Americana. De lá para cá, foram cinco partidas como mandante, sendo quatro na Vila (três empates e uma derrota).

Ao contrário de quarta (29) passada, quando teve dez desfalques no empate por 1 a 1 com o Deportivo Táchira (Venezuela), fora de casa, pelas oitavas de final da Sul-Americana, o técnico Fabián Bustos terá boa parte do elenco à disposição. Os atacantes Marcos Leonardo (poupado) e Léo Baptistão (que estava suspenso no torneio continental), o zagueiro Eduardo Bauermann e o meia Ricardo Goulart (ambos realizaram trabalhos físicos específicos durante a semana) estão entre os retornos.

No Flamengo, a novidade em relação à última quarta (29), quando o time superou o Deportes Tolima (Colômbia) por 1 a 0, pelas oitavas de final da Libertadores, é a volta de Dorival Júnior. O treinador não dirigiu o time no meio de semana, pois teve de cumprir uma suspensão de quanto ainda treinava o Ceará. A equipe foi comandada pelo auxiliar Lucas Silvestre.

O volante João Gomes, que levou o terceiro amarelo na vitória por 3 a 0 sobre o América-MG, há uma semana, no Maracanã, no Rio de Janeiro, desfalca o Rubro-Negro, assim como o zagueiro David Luiz e o atacante Bruno Henrique, contundidos. Há, ainda, atletas que dependem de resultados negativos nos testes de covid-19 para que Dorival defina quem vai a campo na Vila Belmiro.

Comentários

Continue lendo

Em alta