Os inadimplentes com a Justiça Eleitoral têm até 2 de maio para comparecer ao órgão ou a um dos cartórios eleitorais para justificar os motivos de não ter votado

De acordo com dados da Coordenadoria de Logística do tribunal, cerca de seis mil eleitores no interior do Acre podem ter seus títulos cancelados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por não terem votado e nem justificado ausência nas últimas três eleições.

Os inadimplentes com a Justiça Eleitoral têm até 2 de maio para comparecer ao órgão ou a um dos cartórios eleitorais para justificar os motivos de não ter votado. Para regularizar sua situação junto ao órgão, o eleitor poderá pagar uma multa no valor de R$ 3,50. Para quem esteve em viagem no exterior, o órgão informou que o eleitor poderá justificar com o passaporte.

Regularização

O processo de regularização é bastante simples e, caso haja alguma irregularidade, o órgão deverá encaminhar o eleitor para o processo de regularização. Dependendo das condições financeiras da pessoa, a multa pode até ser dispensada pelo juiz da zona eleitoral. O processo de regularização se trata da análise dos documentos e que o título “resgatado” terá o mesmo número do anterior.

Comentários