Marcio, Flaviano e Gladson participam do encontro das oposições em Tarauacá

Lideranças de cinco municípios do Juruá lançaram o nome de Marcio Bittar para o governo nesta sexta-feira, em Cruzeiro do Sul. Da redação, com Contilnet Depois de participar do lançamento...

Lideranças de cinco municípios do Juruá lançaram o nome de Marcio Bittar para o governo nesta sexta-feira, em Cruzeiro do Sul.

Da redação, com Contilnet

Depois de participar do lançamento de sua pré-candidatura ao governo do estado na noite da última sexta-feira (17), no município de Cruzeiro do Sul, o deputado federal Marcio Bittar (PSDB) esteve neste sábado (18) em outro grande evento organizado pelo Conselho Político de Oposição na Câmara Municipal de Tarauacá.

Além de vereadores, empresários e militantes, os deputados federais Flaviano Melo (PMDB) e Gladson Cameli (PP) estiveram presentes no evento, que reuniu representantes de 15 partidos da oposição.

PSDB de Cruzeiro do Sul apresentou o deputado Marcio Bittar como pré-candidato ao governo nas eleições do próximo ano
PSDB de Cruzeiro do Sul apresentou o deputado Marcio Bittar como pré-candidato ao governo nas eleições do próximo ano

Todas as lideranças que fizeram pronunciamento durante o encontro, falaram da importância da oposição marchar unida na disputa pelas vagas de senado e governo, nas eleições de 2014.

Ao falar, o deputado Marcio Bittar lembrou que durante muitos anos vem tentando ajudar na construção desta unidade, e que por várias vezes, deixou de ser candidato para apoiar outras lideranças políticas que pleiteavam o mesmo cargo que ele.

“Em 2010, apesar de o meu nome ser o mais bem avaliado nas pesquisas, cedi para apoiar Sérgio Petecão; em 2012, quando meu nome também estava bem avaliado para disputar a prefeitura de Rio Branco, cedi para apoiar o Tião Bocalom. Por que só eu tenho que ceder?”, Pergunta.

O parlamentar lembrou, ainda, que em 2002, foi convidado pela Frente Popular do Acre para disputar uma das vagas no Senado da República, juntamente com Marina Silva, mas que recusou por pensar diferente do Partido dos Trabalhadores (PT), que lidera os demais partidos que compõem a Frente Popular do Acre.

“Não aceitei o convite por desdém ou por falta de respeito às lideranças que me convidaram, mas porque naquela época eu já queria construir um projeto novo para o Acre, que com certeza não seria igual ao modelo adotado pelo PT”, lembra.

Para Bittar, os problemas que hoje castigam a população acreana, como a deficiência em áreas importantes como a saúde, educação e a segurança não é somente a falta de verba. Ele diz que  é falta gestão. “Não podemos admitir, por exemplo, que um aparelho de raio x demore um ano para ser instalado, como acontece no município de Rodrigues Alves”, critica.

Gladson

O deputado Gladson Cameli, que também trabalha para ser o único candidato das oposições ao senado, nas eleições de 2014, garantiu que vem lutando pela unificação de todos os partidos contrários ao projeto da Frente Popular, que governa o Acre há 16 anos.

“Iniciamos uma caminhada rumo a libertação. Nós, da oposição temos a responsabilidade de ganhar o governo, É isso que o povo espera de todos nós”, destacou.

Flaviano Melo

Ao ouvir os depoimentos de lideranças importantes do interior como Zenil Chaves, Manoel Gomes, Marilete Vitorino, MIrabor Leite, Aldemir Lopes, Ilderelei Cordeiro, Pastor Edson Cameli, Coronel Deodato, Esperidião Menezes, vereadora Janaína Furtado, entre tantos outros, os deputados federais Gladson Cameli (PP) e Flaviano Melo (PMDB), garantiram que estão trabalhando para que a oposição tenha apenas um candidato na disputa eleitoral de 2014.

“Em todos os lugares do Acre que tenho andado, ouço a voz do povo clamando por uma candidatura única para as oposições, e nós precisamos dar uma resposta a este clamor”, disse Melo.

Major Rocha

O deputado Major Rocha, que vem acompanhando as caravanas do PSDB em todos os municípios do Acre, juntamente com Marcio Bittar, elogiou o empenho do deputado Flaviano Melo e do Secretário Geral do PMDB, Aldemir, Lopes, para unificar as oposições no Acre.

“Quero  fazer um reconhecimento ao trabalho que o PMDB vem fazendo para unir os partidos de oposições em uma única chapa em 2014. O povo cansou das mentiras do PT. Maioria das pessoas que moram no Acre querem mudanças, e dizem que a oposição unida é forte. O PSDB tem um nome para o governo, que é o de Marcio Bittar, liderança política qualificada e preparada para assumir o governo do nosso estado”, disse o parlamentar tucano.

Lideranças de cinco municípios do Juruá lançam pré-candidatura de Bittar ao governo

Lideranças que compõem os cinco municípios do Alto Juruá lançaram, na noite desta sexta-feira (16), a pré-candidatura do deputado Márcio Bittar (PSDB) ao governo do Acre.

O evento foi prestigiado pelo deputado Gladson Cameli (PP) e por representantes do PMDB, PR, PMN, PPS e Democratas.

O presidente da Câmara de Vereadores de Cruzeiro do Sul, Romário Tavares (PSDB), defendeu a candidatura de Márcio Bittar ao governo e emocionou a plateia ao falar das dificuldades que o prefeito Vagner Sales vem enfrentando.

“O Vagner vai vencer todas as perseguições políticas que vem sofrendo ao longo de todos esses anos. Ele é o nosso herói aqui do Juruá, um homem trabalhador e que, com certeza, irá continuar por muitos anos ajudando a nossa região e também o Acre”, disse Tavares.

Herdeiro político de João Tota e Maria das Vitórias, que durante décadas atuaram na política do Juruá, João Tota Filho disse que está preparado para ajudar o PSDB a ganhar o governo do Acre.

“Deus escolheu este momento. Vamos tirar a Dilma do governo do Brasil e o PT do governo do Acre, e colocar Aécio Neves e Márcio Bittar”, conclamou.

O ex-deputado federal Ilderlei Cordeiro (PR) disse que a unidade com o povo é o caminho mais certo para ganhar a eleição, e que o deputado Márcio Bittar é, hoje, o nome mais qualificado para governar o Acre.

“Vamos apoiar este grupo que está aqui. Não podemos mais ficar à mercê de quem não sabe o que quer. Nossa unidade será com o povo, que está dizendo nas pesquisas quem ele quer para governar o nosso Estado”, disse.

E emendou: “Lembro que procurei o Márcio no início de 2012 e pedi que ele não desistisse de sua candidatura a prefeito de Rio Branco, mas ele me disse que já tinha dado a palavra de que apoiaria Tião Bocalom, e que, portanto, não seria mais candidato. O Márcio cumpriu o acordo que fez naquela época”, lembra Cordeiro.

Ilderlei declarou apoio à pré-candidatura de Gladson Cameli ao governo: “Gladson, você é um jovem batalhador e dedicado. Os caminhos que Deus tem preparado para você são grandiosos”.

Representando o PPS, o ex-vereador Zenil Chaves esteve no Juruá para prestigiar o lançamento da pré-candidatura de Bittar.

“Temos muitos anos de parceria com o PSDB, que hoje apresenta o nome de Márcio Bittar para disputar o governo em 2014. Fico feliz em ver este auditório lotado de lideranças e de pessoas que desejam mudanças”, declarou.

Arrancando aplausos da grande plateia, a presidente regional do PMN, Valdete, convidou as mulheres do Juruá a participarem das atividades políticas do seu partido. “Lugar de mulher é na política, não é na cozinha”, brincou a simpática advogada, que residiu em Cruzeiro do Sul por cerca de cinco anos.

“Nosso partido trabalha pela unidade das oposições em torno de uma candidatura única”, disse.

Para o presidente regional do Democratas (DEM), João Marcos Luz, o Acre precisa de um governante com pulso forte, e para ele, Márcio Bittar é o nome que está despontando na política acreana para governar o Estado. “Iremos libertar o Acre do PT”, promete.

O pastor Edson Cameli, cotado para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa pelo Partido Progressista, participou do evento juntamente com Rufo, presidente do diretório regional do PSDB em Cruzeiro do Sul, o empresário João Garapa, ex-prefeitos, vereadores, e outras lideranças dos municípios de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Mâncio Lima.

Em Cruzeiro do Sul, PSDB lança o nome de Marcio Bittar para o governo do Acre; lideranças defendem nome de Gladson Cameli para disputar o Senado/Foto: Agência ContilNet
Em Cruzeiro do Sul, PSDB lança o nome de Marcio Bittar para o governo do Acre; lideranças defendem nome de Gladson Cameli para disputar o Senado/Foto: Agência ContilNet

Comentários