Mediação com autoridades do Acre e Peru acaba impasse entre mototaxistas na tríplice fronteira

Acabou a briga entre Toritos e mototaxistas: agora os moradores de Assis Brasil e Iñapari podem ser deixados em seus endereços por ambos os prestadores de serviço

Na manhã desta segunda-feira (06), o Prefeito de Assis Brasil, Antônio Barbosa de Sousa (PSDB), o Zum, esteve reunido com autoridades peruanas e brasileiras, bem como com  associações de transportes de ambos os países para tratar sobre uma polêmica que a muito tempo vinha causando dor de cabeça aos cidadãos de Assis Brasil e Iñapari no Perú, que era o fato de que, tanto os mototaxistas brasileiros quanto os toritos peruanos não podiam levar os passageiros ao seu destino final, pois havia um acordo que definia o perímetro da praça central de ambos os países como ponto de limite para deixar os passageiros.

“Esse problemática, causava prejuízo tanto para brasileiros quanto para os peruanos, uma vez que os passageiros precisavam gastar o dobro de uma corrida normal para chegar ao seu destino final, a exemplo dos brasileiros que vinham do Perú em toritos apenas até a praça e tinha que pagar mais um mototaxista para levá-los a seus endereços, sendo que poderiam ter feito corrida direta no torito. Mas agora graças a Deus, essa situação está resolvida e os cidadão têm o direito de chegar ao seu destino final no meio de transporte de origem,” disse o Prefeito.

BRASILEIROS PODEM ACIONAR TORITOS PERUANOS APÓS AS 22:00HS

Vale destacar que parte do acordo entre ambas as categorias ainda está vigente, no que se refere a apenas mototaxistas levarem passageiros ao Perú e toritos apenas trazerem ao Brasil, exceto após as 22:00hs, se não houver mototaxistas disponíveis, atendendo a esse critério fica permitido aos toritos fazerem o transporte de passageiros ida e vinda dentro de Assis Brasil.

É importante enfatizar que também ficou deliberado que durante o período noturno ficarão 5 mototaxistas a disposição para realizar o transporte da população.

PREÇOS DAS PASSAGENS

Ainda na reunião, também foram definidos que os preços a serem cobrados por pelos mototaxistas é de R$ 5,00; pelos toritos R$ 4,00 e os taxistas cobrarão R$ 10,00 por um e dois passageiros e R$ 5,00 por pessoa quando a lotação for acima de dois passageiros.

Por Antonia Nascimento e Gerineudo Gaudino

Comentários