Conecte-se conosco

Flash

Militar e esposa de sargento do trisal preso por atirar em estudante também é investigada no Acre

Publicado

em

Polícia Civil desmembrou inquérito que investigava o sargento Erisson Nery e passou a apurar também a conduta da mulher dele, a sargento Alda Radine.

A Polícia Civil de Epitaciolândia, interior do Acre, desmembrou o inquérito que investiga o sargento da Polícia Militar Erisson Nery, preso preventivamente após balear o estudante Flávio Endres Ferreira, de 30 anos, durante uma confusão em um bar da cidade, e passou a também investigar a sargento da PM-AC e esposa de Nery, Alda Radine.

Foi instaurado um novo inquérito que investiga a conduta da militar por fraude processual, lesão corporal e denunciação caluniosa. A Polícia Civil afirmou que já marcou a oitiva para ouvir a militar, mas a defesa solicitou uma remarcação. O pedido foi atendido, e a defesa fez uma nova solicitação.

“Ficou marcado para janeiro. Como está dentro do prazo para conclusão do inquérito com relação a ela, segue como investigada. Não será, necessariamente, denunciada por esses delitos, precisamos fazer uma coleta dos elementos para se confirmou ou não a situação”, explicou a delegada responsável pelas investigações Carla Ívane.

A defesa da sargento afirmou que não tem conhecimento do processo instaurado contra a militar. Segundo a advogada Helane Cristina, Alda foi convidada para ir até a delegacia fazer esclarecimentos, porém, foi remarcado para janeiro por motivos de saúde da advogada.

“Já fizemos a solicitação do que se trata e estamos encaminhar via e-mail”, argumentou.

O sargento segue preso no Batalhão de Operações Especiais (Bope), em Rio Branco, desde o dia 29 de novembro.

No dia 27 de novembro, o sargento Nery se envolveu em uma confusão em um bar no interior do Acre, que acabou com o estudante Flávio baleado. No dia 29, ele foi preso e ouvido na delegacia do município. enquanto um grupo de amigos fazia protesto e pedia justiça.

Vídeos que circularam na internet mostram o momento da confusão dentro e fora do bar, em Epitaciolândia. Uma das imagens mostra o sargento Erisson Nery armado após atirar contra o estudante e, em outro vídeo, é possível observar que a vítima foi agredida inicialmente pela sargento da PM Alda Nery, mulher do policial.

Ele, porém, alegou que reagiu a uma importunação sexual feita pelo homem contra sua mulher, a administradora Darlene Oliveira. Mas, um vídeo do interior do bar onde ocorreu a confusão mostra que a vítima foi agredida inicialmente pela sargento da PM Alda Nery. As novas imagens confirmam o depoimento da equipe que fazia a segurança no local. No depoimento, um dos seguranças diz que o sargento acusava o pessoal da mesa ao lado de estar olhando de forma desrespeitosa para a mulher dele. O segurança tentou acalmar o sargento, mas ele continuava alterado.

Alda e o sargento ficaram conhecidos nas redes sociais após assumirem um relacionamento a três com Darlene. Os três moram na cidade de Brasileia e há alguns meses a sargento estava fazendo tratamento psicológico, quando o casal voltou a gerar polêmica ao surgir boatos de separação.

Comentários

Flash

Idoso é preso com arma de fogo municiada em Brasileia

Publicado

em

Durante uma ronda de rotina da guarnição da Polícia Militar do 5° Batalhão em Brasileia.

Os policiais prenderam na noite deste domingo, 23, no bairro Raimundo Chaar J.B.R de 67 anos com uma garrucha Cal. 22, municiada e mais 4 munição intacta no bolso do indivíduo.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência o acusado andava armado pela rua Francisco de Assis no bairro Raimundo Chaar e ao ser visto pela PM colocou a mão na cintura e tentou se esconder em um local escuro. Que após ser advertido pelos os militares não resistiu a revista e recebeu voz de prisão e foi levado para a delegacia geral de policia de Brasileia.

De acordo a Delegada de Polícia Civil do município Dra Carla Ivane o flagrante do acusado por porte ilegal de arma de fogo foi realizado na manhã desta segunda-feira,24, e após pagamento de finanças de um salário mínimo o mesmo vai responder em liberdade.

Comentários

Continue lendo

Flash

Criança com infecção internada em hospital de Brasiléia apresenta quadro estável

Publicado

em

A jovem de 9 anos que deu entrada na quinta-feira passada, dia 20, está estável e fora de perigo de morte. O caso ganhou repercussão quando a menina teria passado mal após tomar a vacina pediátrica, levantando suspeita de que seria a causa.

Mas, sem resultados que aponte realmente a causa, muitos boatos e montagens foram feitas e espalhadas em grupos de WhatsApp principalmente, ao ponto de confirmar que a menina teria morrido em decorrência da vacina.

Nesta segunda-feira, dia 24, o jornal oaltoacre esteve no hospital regional Raimundo Chaar e conversou com o pai que estava acompanhando na observação. Segundo Dieson Rodrigues, recebeu muitas mensagens para saber se seria verdade de que a jovem muito mal.

Em uma montagem espalhada pela internet, uma suposta parente dizia que a jovem teria falecido e, em um áudio, uma associação falava que sobre um suposto resultado de que o fígado da jovem estaria derretendo, o que não é verdade.

Se pode comprovar que, a jovem está fora de risco de morte e vem evoluindo gradativamente ao tratamento oferecido pelo hospital. De que o acompanhamento médico está dentro dos padrões do hospital e a jovem vem mostrando uma pequena evolução.

Segundo o pai, caso não tenha uma melhora significativa nos próximos dias, irá pedir a liberação do hospital para poder transferir sua filha para a Capital e fazer o tratamento particular.

Não está sendo descartado uma reação à vacina recebida, mas, somente poderão confirmar com exames realizados. Foi anunciado que já estão solicitando a transferência da jovem para a Capital, onde se tem mais recursos e possam saber realmente a causa da infecção.

 

Comentários

Continue lendo

Flash

Ieptec lança edital para contratação de professor tutor

Publicado

em

Imagem ilustrativa

O Instituto de Educação Profissional e Tecnológica (Ieptec) Dom Moacyr publicou no Diário Oficial desta segunda-feira, 24, o edital de lançamento para o primeiro processo seletivo simplificado do ano destinado à contratação de bolsistas na modalidade professor tutor, com lotação em Rio Branco.
Os selecionados atuarão ministrando aulas em cursos técnicos inseridos ao “Ensino Médio Integrado”, projeto responsável por cursos de formação técnica profissional ofertados à estudantes do ensino médio.
“Esse processo seletivo faz parte do planejamento para 2022 elaborado por nossa equipe técnica do Ieptec. É uma demanda do governo estadual por meio do Ieptec de expandir e fortalecer a educação técnica e profissionalizante em todo o Acre”, afirmou o presidente do Ieptec, Francineudo Costa.
De acordo com o edutal, o professor tutor aryará em uma das seguintes áreas: Agroecologia, Floresta, Cozinha, Hospedagem, Design, Enfermagem, Saúde Bucal ou Estética, e as formações acontecerão por meio dos Centros de Educação Profissional e Tecnológica (Cept’s) que integram a rede Ieptec, sendo eles: Roberval Cardoso, Escola de Gastronomia e Hospitalidade Miriam Assis Felício, Design e Escola Técnica em Saúde Maria Moreira da Rocha.
Foram disponibilizadas 26 vagas para professor tutor com formação superior em Enfermagem; 12 vagas para os profissionais formados em Estética e Cosmética e/ou Biomedicina com Pós Graduação em Estética, ou Técnico em Estética; 11 vagas para os formados em Odontologia; 01 vaga para os diplomados em Engenharia Agronômica e/ou Bacharel em Zootecnia e/ou Veterinário, com especialização em manejo animal; 02 vagas para os que cursaram Engenharia Florestal. O professor tutor selecionado para atuar em uma dessas áreas, assinará um contrato válido por 6 meses.
Candidatos com nível superior em outras áreas de formação também poderão participar do certame, contanto que possuam experiência mínima de um ano atuando nos setores gastronômico ou hoteleiro, sendo 01 vaga para cada área, ambas com contratação válida por 10 meses. Portanto, o total de vagas para os cargos disponíveis é de 54.
Quanto as cargas horárias e salários, o profissional que trabalhar 40 horas semanais, vai receber o valor mensal de R$ 3.000, e os que optarem por 20 horas semanais, o ganho mensal será de R$ 1.500.
Antes de fazer a inscrição que está sendo realizada apenas de forma online, o candidato precisa estar atento aos seguintes requisitos para disputar o cargo de professor tutor: diploma ou certidão de formação de nível superior; curriculum vitae  em formato PDF; cópias dos documentos comprobatórios (diploma de formação de nível superior, certificado de cursos realizados, declarações de experiências profissionais, etc); e cópia do documento de identificação pessoal com foto. Todas essas documentações devem estar armazenadas em arquivo único, juntamente com a ficha de inscrição devidamente preenchida, e que encontra-se no edital.
O candidato interessado em participar do certame tem até sexta-feira, 28, para realizar a inscrição através do envio de e-mail para o endereço eletrônico, processos[email protected], canal disponível também para o recebimento de dúvidas sobre o edital.
A divulgação da classificação preliminar dos candidatos será disponibilizada no Diário Oficial do Estado do Acre (diario.ac.gov.br), ainda sem data definida. Não será divulgada a lista dos candidatos desclassificados.
Mais informações sobre o certame podem ser encontradas no edital que está disponível no portal do Ieptec: ead.ieptec.ac.gov.br, ou no Diário Oficial do dia 24/01/22.

Comentários

Continue lendo

Em alta