Deputado do Democratas, entre os integrantes da bancada acreana na Câmara Federal, é o mais dedicado defensor da proposta de que o programa contrate brasileiros formados no exterior.

Alan é o maior defensor de que o Mais Médicos priorize os brasileiros formados no exterior/Foto: reprodução
Com Assessoria

O ministro Gilberto Occhi (Saúde) participou nesta quarta-feira (6), em Brasília, do seminário alusivo aos 30 anos do SUS (Sistema Único de Saúde). O evento foi realizado pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, presidida pelo deputado acreano Alan Rick (DEM). Ele aproveitou a oportunidade para trarar com o ministro sobre o novo edital do Programa Mais Médicos, que era esperado para o mês de maio.

Occhi afirmou a Alan Rick que está trabalhando junto com a equipe da SGTES (Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde), coordenada pelo secretário Rogério Abdalla, a fim de concluir o documento até o final deste mês – ou mais tardar no início de julho, quando deverá ser publicado no Diário Oficial da União.

A novidade – e a grande luta de Alan Rick – é que as vagas, antes preenchidas por cubanos, agora serão ocupadas por brasileiros formados no exterior.

Segundo o parlamentar do Democratas, o ministro também confirmou as 1.200 vagas a serem destinadas aos médicos do país.

“Pedi ao ministro que priorizasse os médicos brasileiros formados no exterior, e ele acenou positivamente”, concluiu Alan.

Comentários