Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta quinta-feira (7) o balanço da operação carnaval nas estradas federais em 2019. No geral, houve redução não apenas no número de mortos, mas também na quantidade de acidentes, feridos e ultrapassagens perigosas.

Houve queda de 19% nas mortes nos seis dias de feriado, na comparação com o mesmo período do ano passado. Ao todo, 83 pessoas morreram nas estradas federais do país. Em 2018, foram 103 mortes.

O número de acidentes foi 24% menor, passando de 1.518 no carnaval de 2018 para 1.157 neste ano. Segundo a PRF, também houve queda de 22% nas ultrapassagens perigosas.

Os acidentes deixaram 1.464 feridos, número 7% menor do que as 1.569 pessoas machucadas no carnaval passado.

Fiscalização

Fiscalização no posto da Polícia Rodoviária Federal de Joaçaba durante o carnaval — Foto: PRF/ Divulgação

De acordo com a PRF, foram fiscalizados mais de 185 mil veículos, sendo que 68,1 mil motoristas foram submetidos ao teste do bafômetro. Destes, quase 2 mil foram flagrados dirigindo sob o efeito de álcool.

Como comparação, em 2018, 52,5 mil motoristas fizeram o teste, e 1,6 mil foram multados.

O número total de autuações foi de 63,3 mil. Entre as infrações destacadas pela PRF, mais de 5,2 mil foram pelo não uso do cinto de segurança, 1.040 pela falta do capacete para motociclistas e 846 motoristas que transportavam crianças de forma inadequada.

Comentários