Acidente ocorreu no km 8 da BR 317, Estrada do Pacífico.

Uma viajem de retorno ao Peru entre dois amigos, com certeza terá lembranças não muito boas. Segundo foi apurado na tarde deste domingo, dia 8, era para ser mais uma viajem como outra que ocorreram em países da América Latina e o retorno sempre ocorria da melhor maneira.

O amigo que pediu para não ser identificado, disse que estariam viajando de volta desde a manhã, quando saíram de Porto Maldonado (PERU). O destino final seria a capital do Acre, Rio Branco, quando o acidente aconteceu.

Trafegavam na BR 317 (Estrada do Pacífico), faltando oito quilômetros para chegar na cidade de Brasiléia. Chovia muito com ventos fortes e até granizo de gelo teria caído em vários lugares do Acre. Uma árvore chagou a ser tombada cerca de dois quilômetros à frente.

Árvore foi derrubada pelo forte vento sobre a BR próximo ao local do acidente.

Segundo apurado no local, o carro modelo VW, placas NCE 1700, conduzido por José Paulo Silvestre, ia sentido Assis Brasil, quando resolveu virar à esquerda sem utilizar a rotatória existente no local. Foi quando vinha atrás um caminhão Mercedez Benz, placas OGI 6943, conduzido por José Vieira da Silva, não teve tempo de frear e se chocou na traseira, fazendo com que o VW rodasse pela pista.

Por coincidência, no mesmo momento, vinha uma moto modelo Honda, placa QLZ 7722, conduzida por Paulo Michel São José, que vinha do Peru. Este não teve tempo hábil para desviar e se chocou contra a lateral do carro VW. O motociclista sofreu uma fratura na tíbia da perna esquerda devido o impacto.

Impacto da moto ocorreu no momento em que o carro foi empurrado pelo caminhão e rodou na pista.

Paulo foi levado para o hospital Wildy Viana em Brasiléia, onde recebeu os primeiros socorros e ficou em observação. Seu estado de saúde foi considerado estável e não corria riscos maiores. Devido a fratura na perna, o motociclista iria aguardar a chegada da única ambulância do SAMU que se encontrava na Capital.

Homens do 10º Batalhão estiveram no local e no hospital para colher informações sobre o incidente, juntamente com o Ciretran.

Motociclista teve sua perna imobilizada até passar por atendimento especializado na Capital.
Chovia bastante no momento do acidente entre o caminhão, carro e moto.

Comentários