Mototaxistas bolivianos bloqueiam ponte em protesto após sumiço de colega desde domingo

Ponte que liga Epitaciolândia à Cobija ficou bloqueada por cerca de uma hora. Mototaxistas poderão radicalizar a partir desta quinta, dia 18 – Foto: Alexandre Lima

Um caso de desaparecimento de um mototaxista, Pablo Costa Progênio, de 35 anos, que desapareceu desde o último domingo, dia 14, quando saiu para realizar uma corrida com uma passageira, está envolto de mistério na fronteira do Acre.

Pablo está desaparecido desde domingo, dia 13 – Foto: Arquivo pessoal

Pablo mora na cidade de Epitaciolândia e está desaparecido desde então. Após quatro dias desaparecido, os colegas da associação de mototaxistas de Cobija (Pando), resolveram fazer um protesto para chamar a atenção das autoridades do estado vizinho e do lado brasileiro.

Por cerca de uma hora, a ponte que liga Cobja à Epitaciolândia foi bloqueada. Com a chegada de um oficial da Polícia Nacional Bolivia, foi negociado a liberação, uma vez que estão entrando no caso e esperam poder dar uma resposta o mais breve possível.

Segundo foi apurado com um dos associados, caso não tenham uma resposta até o final do dia, poderão bloquear a ponte novamente será bloqueada por tempo indeterminado.

Ponte foi liberada após negociação entre representante dos mototaxistas e oficial da Polícia Boliviana de Pando – Foto: Alexandre Lima

Segundo Eliene Melo dos Santo, comadre do desaparecido, ela viu quando Pablo saiu com a passageira no domingo passado e não mais voltou. Comentou que os familiares estão desesperados a procura de alguma novidade e espera que as autoridades do Brasil também possam fazer algo sobre o caso.

Erinez Melo Cavalcante, esposa de Pablo esteve na delegacia para registrar queixa.

Comentários