O ato de protesto do movimento “Fora Dilma” está marcado para às 7 horas da manhã no aeroporto de Rio Branco.

A54d9ecc74179cWiliandro Derze, da ContilNet Notícias

A chegada da presidente Dilma Rousseff (PT) nesta quarta-feira (9) ao Acre para visitar as áreas atingidas pela enchente e entregar casas às famílias cadastradas no Cidade do Povo, será a oportunidade que o movimento “Fora Dilma” vai usar para protestar contra as medidas de ajustes ficais e escândalo de corrupção na Petrobras.

Os líderes do movimento, que exige do Congresso Nacional o pedido de impeachtment, comunicaram-se com as lideranças do grupo no Acre e traçaram estratégias para garantir um movimento no aeroporto de Rio Branco, durante o desembarque da presidente.

As lideranças que se intitulam apartidária estão organizadas e levarão panelas, apitos e buzinas para chamar a atenção da presidente e dos políticos que estarão no aeroporto para receber a chefe do Executivo brasileiro.

De acordo com um dos manifestantes, os estudantes em sua grande maioria aproveitarão a oportunidade para pedir que Dilma peça a renúncia do cargo pela onda de corrupção que envolve diretamente o seu governo. Os manifestantes prometem lembrar também dos atos de corrupção que envolve o governo local e o possível envolvimento do governador Tião Viana (PT) na operação Lava-Jato.

O ato de protesto do movimento “Fora Dilma” está marcado para às 7 horas da manhã no aeroporto de Rio Branco.

Comentários