Edineuza quase teve sua cabeça esmagada pelo pneu com caminhão ao cair - Foto: Alexandre Lima
Edineuza quase teve sua cabeça esmagada pelo pneu com caminhão ao cair – Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima

Era por volta das 8h30 desta sexta-feira, dia 21, quando os socorristas do Corpo de Bombeiros foram acionados pelo CIOSP (190), de que um acidente havia acontecido no Bairro Eldorado, na rua José Joaquim de Lima, mais conhecida como ‘Rua da Fumaça’, onde envolvia um caminhão e uma mulher.

Já no local, a mulher foi identificada como Edineuza Cavalcante Gomes (22) e estava caída ao lado do caminhão Volvo, placas ANA 7761, que era conduzido por Adolfo Saadi Filho (38). A vítima recebeu os primeiros socorros no local e foi conduzida ao hospital de Brasiléia.

Segundo foi levantado, Edileuza estava numa bicicleta quando resolveu atravessar de um lado para outro da rua. Neste momento passava o caminhão e não teve condições de parar a tempo, indo ao encontro da mulher colidindo na sua lateral e a jogando no chão.

Por um milagre, as rodas não passaram por cima da mulher e a bicicleta ficou debaixo do caminhão. Foi quando se soube que Edineuza estaria grávida de aproximadamente quatro meses e o seu estado de saúde juntamente com o bebê, aspirava cuidados extremos.

Já no hospital, foi constatado que a mãe e a criança corriam riscos e seria necessário a transferência urgente para a Capital, onde possivelmente passariam por cirurgias com o intuito de salvar as duas vidas.

O motorista do caminhão ficou no local do acidente para prestar os esclarecimentos necessários e ajuda à vítima, que por sua vez, iriam acionar o perito criminal para buscar informações e fazer o relatório as autoridades competentes.

Socorristas do Bombeiros prestaram os primeiros socorros - Foto: Alexandre Lima
Socorristas do Bombeiros prestaram os primeiros socorros – Foto: Alexandre Lima

Comentários