Conecte-se conosco

Acre

Mulher mata marido no com tiro de espingarda a queima roupa

Publicado

em

A filha de três anos presenciou o crime e a acusada alega legítima defesa

Jamilsa-Lima-da-SilvaMaria Jamilsa Lima da Silva, 36, foi presa em flagrante pela Policia Militar na ponte sobre o Rio Juruá, quando tentava se esconder em Cruzeiro do Sul (AC).  Ela é acusada de matar o marido Odivanir da Silva Martins, 37, na noite de quarta-feira (11) na Comunidade Tauarí, próximo ao município de Tarauacá.

O crime aconteceu por volta das 20h na residência dos envolvidos, sendo presenciado pela filha de três anos. Marido e mulher usavam drogas e consumiam bebida alcoólica constantemente.  Durante uma discussão, a dona de casa matou o marido com um tiro de espingarda no abdômen, alegando legítima defesa.

“Quando eu cheguei ele me acusou dizendo que eu tinha mandado o conselho tutelar atrás dele , e disse que ia me matar. Ele pegou um terçado e eu corri e peguei a espingarda, começamos a brigar, ele tentava tomar a arma de mim e acabou disparando, eu não queria matar ele, estou arrependida”, alegou a mulher.

Segundo relatos da irmã da acusada ela sofre de perturbações mentais, além de ser usuária de droga. Ela ainda mencionou que na semana que antecedeu o crime, Jamilsa esteve em Cruzeiro do Sul consumindo drogas durante todo período que esteve fora de casa. O delegado da policia civil Vinícius Almeida explicou que o corpo de Odvanir ficou estendido na BR-364, e mesmo alegando defesa, a vítima não solicitou socorro, e nunca noticiou ameaça do marido junto à delegacia.

vinicius almeida“Como ela foi presa nesse município, embora ela tenha cometido crime em outro, a lei fala que a polícia deve apresentar a autora à autoridade policial mais próxima, no caso Cruzeiro do Sul. Nós fizemos o flagrante, que está sendo comunicado nesse momento para o Poder judiciário, que se entender pela legalidade do flagrante irá homologá-lo, posteriormente será enviado o processo para cidade de Tarauacá, que foi o local onde aconteceu o crime”, destacou o delegado.

Maria Jamilsa será encaminhada ainda hoje para a penitenciária local.

Tribuna do Juruá – Vanísia Nery

Comentários

Acre

Pastores são alvos de criminosos e têm comércio e casa invadidos em Rio Branco

Publicado

em

A falta de iluminação pública na grande maioria das ruas do bairro Canaã, em Rio Branco, pode estar facilitando a ação de criminosos na região. O número de furtos registrados na localidade tem sido assustador, segundo os moradores. Nem mesmo os pastores evangélicos da região têm se livrado da ação dos criminosos. Na última segunda-feira, 17, bandidos invadiram uma sorveteria e levaram toda a produção de sorvetes, bem como o apartamento de outra vítima.

Do comércio do pastor, levaram grande parte das mercadorias. O também pregador da palavra de Deus A.C.P., de 41 anos, voltava da igreja quando percebeu que seu apartamento havia sido arrombado. Os ladrões levaram um televisor, um bebedouro, um notebook, além de outros objetos.

Segundo a polícia, todas as noites residências e comércios são arrombados no bairro e os proprietários acumulando prejuízos. A Avenida Durval Camilo e a rua Mustafá são os locais onde estão sendo registrados os maiores números de furtos por arrombamentos.

Os moradores não têm dúvidas que a onda de arrombamentos é causada pela falta de iluminação pública em grande parte das ruas do bairro, já que o setor responsável da Prefeitura de Rio Branco não tem trocado as luminárias queimadas. A falta de uma ação mais do policiamento ostensivo por parte da Polícia Militar, também facilita a ação maléfica.

Comentários

Continue lendo

Acre

Mãe de jovem que morreu após ser filmado em chão de hospital no AC com falta de ar pede R$ 605 mil de indenização: ‘Quero justiça’

Publicado

em

Por

Maria da Conceição entrou na Justiça contra o Estado pela morte do filho Bruno Oliveira Lima, de 17 anos. Adolescente morreu dentro do Hospital Estadual Sansão Gomes, no dia 28 de dezembro do ano passado. Estado disse que está tomando conhecimento e seguirá com os trâmites de análise dos autos do processo.

A dona de casa Maria da Conceição da Silva Oliveira, de 38 anos, entrou na Justiça com um pedido de indenização no valor de R$ 605 mil pela morte do filho Bruno Oliveira Lima, de 17 anos. O rapaz morreu no dia 28 de dezembro de 2021 no Hospital Sansão Gomes, em Tarauacá, interior do Acre.

Antes do óbito, que ocorreu em um dos leitos da unidade de saúde, Bruno Lima foi filmado deitado no chão do hospital agonizando com falta de ar enquanto esperava atendimento. As imagens foram feitas por um parente do jovem e viralizaram nas redes sociais.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) e o órgão disse que “de acordo com a Divisão de Processos Judiciais, o Estado está tomando conhecimento do processo e seguirá com os trâmites de análise dos autos do processo.”

A certidão de óbito da vítima diz que a causa da morte foi insuficiência respiratória e pneumonia. Na época, a Secretaria de Saúde Municipal afirmou que o caso era investigado.

Para a mãe de Bruno Lima, houve negligência médica no atendimento. Ela contou ao g1 que o filho chegou na unidade de saúde por volta das 6h e ouviu de um enfermeiro que não poderia atender o rapaz porque ele estava sem máscara.

A máscara foi providenciada pela família e a triagem do paciente foi feita por volta das 9h. “Disseram que ele não era prioridade, que poderia aguardar. Nisso, foram atender ele quase 11 horas depois que ele estava naquela situação”, relata a mãe.

Maria da Conceição é mãe de sete filhos, mas, Bruno era quem ajudava a sustentar a família. Ela conta que o rapaz trabalhava desde a adolescência para ajudar na renda familiar. “Eu que levei ele, estava lá com ele. Pedi para atenderem, mas falaram que não era prioridade, estava no chão muito ruim e falaram que não era prioridade, que primeiro eram os idosos, crianças e depois ele”, relembrou.

Dedos roxos

 

A mãe recorda também que o filho reclamava que quando tossia sentia dor no peito e tinha falta de ar. Maria da Conceição relata ainda que chegou a avisar três vezes às equipes da enfermaria que o rapaz não estava bem.

“Ele foi para a sala de observação e ficou lá. A médica pediu um raio-X, ele foi fazer e voltou para a cama, vi que ele estava com as unhas e os dedos ficando roxos e dizia que não sentia as pernas. Falei para o enfermeiro e ele disse que era só uma agitação do sangue. Logo depois a médica veio e disse que ele estava em óbito”, afirmou.

Jovem apareceu em vídeo tossindo muito no chão de hospital no interior do Acre  — Foto: Reprodução

Jovem apareceu em vídeo tossindo muito no chão de hospital no interior do Acre — Foto: Reprodução

Maria da Conceição contratou a advogada Laiza dos Anjos e entrou na Justiça com uma ação contra o Estado, já que o hospital é de competência da Sesacre.

“Ninguém conversou comigo. Na hora não falei nada, mas pensei comigo mesmo depois [e decidiu entrar na Justiça]. Quero justiça para que outra pessoa não passe por isso”, afirmou.

Processo

 

A advogada Laiza dos Anjos entrou com a ação na Vara Cível da Comarca de Tarauacá. Ela disse que esse tipo de ação é para evitar que outras pessoas passem pela mesma situação.

“A indenização também é uma forma de educar para que não aconteça com outras pessoas. Em menos de dois meses, o meu escritório tem duas ações envolvendo a saúde de Tarauacá. Tem um bebê que morreu na maternidade após a mãe procurar atendimento quatro vezes, então, são coisas que vêm acontecendo que não são de agora. Esse tipo de indenização é mais para educar mesmo, porque não vai sanar a dor da família”, argumentou.

Comentários

Continue lendo

Acre

Auxílio Gás: governo libera o pagamento no valor de R$ 52

Publicado

em

Botijões de gás de cozinha – DIVULGAÇÃO/ANP

Calendário segue cronograma de pagamento do Auxílio Brasil

Beneficiários do programa Auxílio Gás podem sacar o benefício, no valor de R$ 52, a partir desta terça-feira (18). O calendário de saque segue o mesmo cronograma de pagamento do Auxílio Brasil.

De acordo com a Lei nº 14.237/2021, que institui o programa, será pago um benefício por família a cada dois meses, no valor de 50% do preço médio de um botijão de 13 kg de gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha.

O ministro da Cidadania, João Roma, celebrou a importância da aprovação do benefício.

“O Brasil sabe que não pode faltar o gás para dona Maria fazer o feijão de seus filhos. Com o Auxílio Gás, esse é mais um dos pontos que faz com que nós possamos superar as consequências inclusive dessa pandemia, que traz ao Brasil o que está trazendo para o mundo: um processo internacional de inflação. Um processo muitas vezes que faz desabastecer os mercados.”

O programa do Ministério da Cidadania vai atender cerca de 5,58 famílias em situação de vulnerabilidade. Para isso, o governo federal destinou R$ 1,9 bilhão do orçamento para o Auxílio Gás durante o ano de 2022.

O economista Benito Salomão afirma que esse gasto não prejudica o orçamento federal, que no total fica na casa dos trilhões. Além disso, ele afirma que o Auxílio Gás “ajuda as pessoas mais pobres. Dado o reajuste do preço do gás nos últimos anos, as famílias mais pobres voltaram a cozinhar a lenha, o que as expõem a acidentes e a gases tóxicos.”

Para cozinhar a lenha, as pessoas precisam lidar com álcool, que se não for bem manuseado, pode provocar graves acidentes. É o que explica o professor Marcello Moreira, do Instituto de Química da Universidade de Brasília (UnB).

“O álcool é muito volátil, ou seja, além do líquido, produz muito vapor na hora de utilizá-lo. Com isso, ele pode causar uma explosão e podem ter consequências que levam a ferimentos ou, em muitos casos, à morte de quem esteja manuseando.”

Podem participar do programa Auxílio Gás:

  • Famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo;
  • Famílias que tenham entre os integrantes residentes no mesmo endereço quem receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Em 27 de dezembro de 2021, o benefício foi antecipado apenas nas cidades atingidas pelas fortes chuvas em Minas Gerais e na Bahia. Nos demais municípios, o cronograma segue de acordo com o número final do NIS.

Calendário

Final NIS Pagamento
1 18/jan
2 19/jan
3 20/jan
4 21/jan
5 24/jan
6 25/jan
7 26/jan
8 27/jan
9 28/jan
0 30/jan

Dicas de economia

A educadora financeira Catharina Sacerdote diz que é de extrema importância que todos os membros das famílias conversem entre si para discutirem e organizarem as finanças da casa. Ela ainda dá dicas de como economizar na hora de cozinhar:

“Utilizar métodos de cozimento mais rápido, como a panela de pressão, e de preferência, cortando os alimentos de formas menores para que cozinhem mais rápido. Além disso, quando for utilizar o forno, o ideal é que se faça um planejamento para usar as outras áreas do fogão e, assim, preparar até três alimentos ao mesmo tempo, otimizando o gás”, explica.

Catharina ainda faz um alerta para se observar a cor da chama no fogão: “É importante verificar se ela está azul, pois se estiver mais amarelada estará gastando mais o gás e pode ser um indício que é preciso fazer manutenção no fogão.”

Comentários

Continue lendo

Em alta