Policiais militares do 5° Batalhão foram chamados para o local após denúncia de populares de que o suspeito estaria agredindo brutalmente a esposa

FOTO: (Divulgação)

Equipes da Polícia Militar tiveram muito trabalho para conter e prender um casal identificado como Joel S. S., 20, e Rafaela, 24, acusados de desacato, resistência a prisão, danos, ameaça e lesão corporal na manhã deste sábado (12) em uma vila de apartamento localizada no bairro Teixeirão, na zona Leste de Porto Velho.

Policiais militares do 5° Batalhão foram chamados para o local após denúncia de populares de que o suspeito estaria agredindo brutalmente a esposa.

Com a chegada da polícia, o homem tentou fugir em uma bicicleta, mas foi alcançado. Ele resistiu prisão, tentou investir contra os militares, mas foi imobilizado. A mulher foi encontrada toda ensanguentada, com cortes na cabeça, braços e pernas. Ela alegou que havia sido agredida por outras mulheres em uma festa e não pelo marido. A suspeita também desacatou os militares, tentou agredi-los e foi algemada. A mulher tentava impedir a prisão do marido.

O proprietário da vila de apartamentos mostrou aos militares os danos que o casal provocou no imóvel, tendo quebrado inclusive o telhado.

A mulher foi levada para a UPA em uma viatura da PM e alegava que estaria  grávida de dois meses e ia denunciar a equipe policial por ter sido presa. O casal foi apresentado na Central de Flagrantes.

Fonte: rondoniaovivo

Comentários