O governador Sebastião Viana e a presidente Dilma Rousseff, ambo do PT, foram criticados por aumentar impostos, durante a sessão ordinária desta quinta-feira (4) na Aleac. O deputado Luiz Gonzaga (PSDB) disse que os gestores petistas estariam fazendo “o povo sangrar com o aumento da carga tributária”.

“É uma indecência o que estamos vendo tanto por conta do governo federal, quando pelo governo estadual em aumentar a carga tributária. O governador do Acre e a presidente da República estão fazendo o povo sangrar cada vez mais com suas medidas que apenas penalizam quem trabalha”, diz Gonzaga.

Segundo o tucano, os gestores petistas cometeram “estelionato eleitoral em suas campanhas eleitorais, quando anunciaram que não mexeriam nos direitos dos trabalhadores nem aumentariam impostos. No Acre, o ICMS foi reajusta. Em Brasília, uma medida provisória aumenta a carga tributária”.

O parlamentar criticou os membros da bancada federal do Acre que votaram a favor da medida provisória que eleva a alíquota de imposto na venda de imóveis. Com apoio de quatro parlamentares do Acre, o governo conseguiu a aprovação de uma lei que aumentar a carga tributária. Isso é uma imoralidade”.

Do ac24horas.com

Comentários