Líder do Governo na Aleac, Astério Moreira/Foto: Assessoria Aleac
Líder do Governo na Aleac, Astério Moreira/Foto: Assessoria Aleac

Da redação, com Gina Menezes

Astério afirmou que sua decisão teve cunho religioso e que ele entrou na vida pública apoiado pelo falecido religioso Afif Arão.

Em entrevista a uma emissora local, na noite de quinta-feira (8), o líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Astério Moreira (PEN), foi taxativo ao afirmar que não disputará qualquer cargo nas eleições de 2014.

Astério afirmou que sua decisão teve cunho religioso e que ele entrou na vida pública apoiado pelo falecido religioso Afif Arão.

“Foi ele que me colocou na política, em 2004, e não dava nenhum passo sem consultá-lo”, diz.

Astério Moreira não chegou a comentar as suposições de que a desistência dele teve relação com a provável candidatura de Deise Costa, viúva de Arão, ex-líder de Astério.

Mesmo desistindo da disputa política em 2014, o deputado afirma que trabalhará para a reeleição do atual governador Tião Viana.

Outro ponto abordado por Astério, durante a entrevista, foi suposta a relação tumultuada do colega de partido, Jamyl Asfury, com os pares da Aleac e a imprensa.

Ele desmentiu que o deputado Asfury possa ser uma espécie de ‘leva e traz’, como chegou a ser comentado nos corredores da  casa legislativa pelos  próprios deputados da base.

Comentários