Como o ac24horas antecipou, Ney Amorim não faz mais parte da administração do governador Gladson Cameli.

A exoneração do cargo de Secretário de Assuntos Extraordinários e Estratégicos foi publicada na edição desta terça-feira, 18, do Diário Oficial do Estado.

Ney Amorim afirmou que resolveu deixar o governo para construir uma nova etapa política em sua vida e garantiu que assume a presidência de um partido no Acre nos próximo dias, mas preferiu não mencionar a sigla com o objetivo de evitar especulações.

Ney Amorim deixou o PT após perder as últimas eleições para o Senado Federal, após uma ferrenha disputa tanto nas urnas, quanto dentro de seu ex-partido , com o então Senador Jorge Viana, que também acabou derrotado no pleito.

Comentários