A PRF deve apresentar relatório técnico e fotos do local e admite o risco da situação se agravar nos próximos dias.

O nível do Madeira já se aproxima da estrada próximo a Jacy-Paraná/Foto: Rondônia Ao Vivo
O nível do Madeira já se aproxima da estrada próximo a Jacy-Paraná/Foto: Rondônia Ao Vivo

Da ContilNet

O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) apresentou nesta quarta-feira (14) dados nada animadores para os acreanos em relação a possibilidade de uma nova enchente do rio Madeira. De acordo com o Sipam, as previsões para 2015 são ainda piores que as de 2014, onde o Madeira chegou à marca histórica de 19,49 metros, deixando mais de 100 mil pessoas desabgrigadas.

Segundo informações divulgadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), o nível do Madeira está subindo rapidamente por causa das fortes chuvas que atingem a Bolívia, enchendo um dos principais afluentes do Madeira, o rio Beni.

De acordo com a PRF, nesta quarta-feira o nível do Madeira está a 1,5 metros para alcançar a pista da BR-364, em um trecho próximo ao distrito de Jacy-Paraná, em Rondônia.

A PRF deve apresentar relatório técnico e fotos do local e admite o risco da situação se agravar nos próximos dias, com a continuidade das chuvas.

O governo de Rondônia já deve reunir os órgãos técnicos para trabalhar com o pior cenário, com precaução, trabalhando com os dados hidrológicos, como se o estado estivesse em uma situação de calamidade, de forma a impedir que ocorram vítimas fatais.

Vale ressaltar que em 2014 a cheia do Madeira deixou o Acre isolado por mais de dois meses e prejudicou o abastecimento de comida e combustível no estado.


Fonte: rondoniaaovivo e Assessoria Sipam

Comentários