Conecte-se conosco

Flash

No Acre, 4 mil famílias recebem chips com acesso à internet para estudos

Publicado

em

No AC, 4 mil famílias de comunidades carentes recebem chips com internet para estudos — Foto: Asscom/Cufa

Por Quésia Melo

A Central Única das Favelas (Cufa) iniciou a entrega de 500 mil chips de celular nas quase 5 mil favelas atendidas pela organização em todo o Brasil.

No Acre, 4 mil famílias foram pré-cadastradas para receber o benefício que vale seis meses com internet 24 horas livres para estudo.

Deste total, 60% já foram entregues. A ação configura o projeto como a maior plataforma de conectividade já viabilizada em todo o país e objetiva o combate ao isolamento digital nestes territórios, a partir da conexão de 2 milhões de pessoas até julho de 2021.

________________________

Em época de pandemia, com aulas presenciais suspensas a internet é o elo entre crianças, adolescentes e escola, porém, muitas famílias carentes não têm este acesso em casa, o que gerava dificuldades.

________________________

Como foi o caso da dona de casa Antônia de Freitas. Inicialmente, ela pegava a internet da vizinha, como ela mudou, uma verdadeira logística foi montada para que as filhas estudassem.

Benefício é válido por seis meses — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

“Eu tinha que ir na escola, baixar o conteúdo no meu celular, levava para casa, elas copiavam no caderno, tirava fotos da atividade, voltava na escola e enviava para os professores. Agora vai melhorar 100%, não vou ter que ir mais na escola”, conta.

Mesmo com as dificuldades, ela diz que as filhas se saíram bem e tiraram notas boas, mas agora está mais despreocupada e vai poder acompanhar mais de perto.

A doméstica Dângela da Silva precisou comunicar a escola que os filhos não estavam fazendo a tarefa porque não tinha acesso à internet. Com o chip do projeto, ela diz que vai ficar mais tranquila e pode acompanhar os estudos dos filhos de perto.

“Não tava nem estudando porque nem tinha como. Eu vim no colégio, expliquei que a gente não tinha internet e eles estavam sem estudar e agora vai melhorar com certeza com o chip. Vai ser uma ajuda muito importante para as mães que não tinham condições de manter esse serviço”, pontua.

José Alberto, coordenador da Cufa no Acre, explica que este é o momento de resgatar a conectividade dessas famílias mais vulneráveis.

“Levar conectividade para as favelas e comunidades neste momento é de suma importância pelo o que a gente já vem fazendo, que é fortalecer as famílias com cesta básica, álcool em gel máscaras e agora chegou nessa parte da gente reconectar a favela com o mundo, porque foi um dos itens que acabou mais rápido. No segundo mês de isolamento já não era prioridade para a família pagar internet”, explicou.

Nesta semana, a distribuição deve ser finalizada em Rio Branco e a Cufa segue para cidades do interior do estado.

“Vamos partir para fazer uma tour no interior do estado, passando por Sena Madureira, Capixaba, Cruzeiro do Sul, Brasileia, Quinari e vários outros municípios.”

Comentários

Flash

PM e Civil cumpre mandado de prisão e encontra homicida com comercializando drogas

Publicado

em

Uma guarnição da Polícia Militar e Civil do município de Tarauacá se deslocaram na cidade de Tarauacá na manhã desta segunda-feira dia 16, com a missão de cumprir um mandado de prisão em desfavor de um homicida para ser apresentado no judiciário.

Um homem identificado apenas pelas iniciais A. F. S., era procurado por homicídio. Quando os policiais chegaram no local para apresentar o documento, perceberam que o mesmo estava em atitude suspeita.

Em uma revista junto ao homicida, os policiais foram surpreendidos ao localizar um quantidade de entorpecentes, identificados como cloridrato de cocaína e maconha, caracterizando tráfico e comercio ilegal de substancia não permitida.

O homem recebeu voz de prisão em flagrante delito, sendo conduzido para a delegacia da cidade, juntamente com os entorpecentes. Além de responder por homicídio, irá responder pela posse da droga e possível comercio ilegal, previsto no Código Penal.

Comentários

Continue lendo

Flash

Polícia é recebida a bala em rota do tráfico entre Acre e Peru e troca tiros com traficantes

Publicado

em

SANDRA ASSUNÇÃO

Militares do Grupamento de Operações Especiais, da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul, chegavam a uma localidade no Rio Juruá Mirim, no último sábado, 14, quando foram recebidos à bala por quatro homens que estavam em uma residência. O local é conhecido como rota do tráfico na divisa entre Acre e Peru, onde os traficantes buscam a droga que entra no estado.

Os disparos aconteceram quando a guarnição se aproximava do local conhecido como Chico da Quelé. A equipe também atirou contra os indivíduos, que se embrenharam em área de mata e conseguiram fugir.

O objetivo da missão no Rio Mirim era inibir o tráfico de drogas. A área onde aconteceram os disparos, segundo os militares do GOE, já é próxima ao Peru e é conhecida como rota do tráfico.

No Registro feitos pelos policiais e entregue na delegacia de Polícia Civil e para o comandante da PM eles afirmam que “mesmo após buscas pelo raio aproximado, afim de encontrar algum dos indivíduos, até mesmo um deles atingido, não foi possível. Avistamos material que usam para o transporte e acomodação da droga, e também os suprimentos dos indivíduos. Como nada mais contundente foi encontrado, deixamos o local”, citaram os militares.

O comandante da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul, tenente coronel Edvan Rogério, disse que novas operações serão feitas no local. “Nossa atuação naquela região é continua e será reforçada. Não vão intimidar a Polícia Militar do Acre com tiros”, afirma.

Comentários

Continue lendo

Flash

Gefron apreende caminhão que transportava gado de origem suspeita no Acre

Publicado

em

Durante o cerco que está sendo feito pelas forças de segurança do estado em Plácido de Castro e região, fechando inclusive a fronteira durante a noite, o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), que é responsável pela fiscalização das estradas de acesso ao município, apreendeu 18 reses que eram transportadas de forma ilegal.

Os animais, bem como o caminhão, além do motorista, foram escoltados até à sede do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (IDAF), onde foram aplicadas as multas pelas infrações praticadas. O gado ficou apreendido até que seja apresentada toda a documentação.

No final de semana, 30 homens do Gefron, que eram comandados pelo coordenador do grupo, delegado Rêmulo Diniz, fizeram uma rigorosa fiscalização ao longo da Rodovia AC-40, onde ninguém passava sem ser parado e revistado, especialmente veículos transportando mercadorias e animais.

Comentários

Continue lendo

Em alta