Órgãos de segurança do Estado vão agir de forma integrada.
Decisão foi tomada em reunião que discutiu estratégias de segurança.

Do G1

s órgãos de segurança do Acre vão agir de forma integrada no pleito de 2014. A decisão foi tomada em uma reunião, realizada no último dia 29, pelo Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC). O objetivo do encontro foi traçar estratégias de segurança para coibir crimes eleitorais.

Estavam presentes na reunião membros do Tribunal, juízes e promotores eleitorais, autoridades das Polícias Federal, Civil, Militar e Rodoviária Federal, além de um representante da Fundação Nacional do Índio (Funai).

A Polícia Federal garantiu reforço policial, em todo o Estado, a partir de uma semana antes do pleito, no intuito de coibir a prática de crimes eleitorais. Equipes da PF vão se deslocar também para alguns municípios do Vale do Juruá, com presença de delegados, para garantir a segurança no interior.

A Funai solicitou que algumas aldeias indígenas, como as localizadas no município do Jordão, fossem visitadas antes das instalações das seções eleitorais. O órgão quer que as comunidades sejam informadas com antecedência sobre os procedimentos de segurança a serem adotados no dia das eleições.

Após os acertos sobre o tema segurança, o juiz membro da Corte, Náiber Pontes de Almeida, proferiu palestra sobre o poder de polícia dos juízes eleitorais. Na oportunidade, também foi discutida a ação das Zonas Eleitorais no sentido de fiscalizar a propaganda eleitoral realizada pelos partidos e candidatos.

Comentários