O Estado do Acre ocupa o penúltimo lugar no ranking nacional da falsificação de dinheiro com 383 notas falsas retidas em 2015, segundo dados do Banco Central. Das 383 retidas, a cédula de R$ 100 foi a mais falsificada com 198 notas. As notas de R$ 10 ou de R$ 50 também estão entre as mais falsificados no Brasil.

Em todo o país, 450.003 cédulas falsas foram retiradas de circulação no ano passado. São Paulo ocupa o primeira lugar, seguida pelo Rio de Janeiro com com 60.062 cédulas falsificadas. Minas Gerais teve 42.650 cédulas falsificadas retidas no ano passado, os três Estados juntos têm mais da metade das notas falsas retidas (252.699).

Comentários