Conecte-se conosco

Acre

Operação da PF sequestra 150 veículos, avião e lancha de organização criminosa

Publicado

em

Operação Carga Prensada é realizada em Rondônia, Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. Grupo é suspeito de enviar droga em caminhões.

 

Uma operação da Polícia Federal (PF) deflagrada nesta quarta-feira (15) sequestrou 150 veículos, vários deles de luxo, pertencentes a uma organização criminosa com forte atuação nacional no tráfico de drogas.

A operação Carga Prensada é realizada nos estados de Rondônia, Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. Ao todo, 270 policiais cumprem 45 mandados de prisão e 63 mandados de busca e apreensão.

A Justiça também autorizou o sequestro de aeronave, uma lancha e imóveis de propriedade da organização criminosa. Todos os bens foram comprados através de atividades ilícitas.

Aeronave de organização criminosa foi sequestrada por operação — Foto: PF/Divulgação

Aeronave de organização criminosa foi sequestrada por operação — Foto: PF/Divulgação

Segundo investigação da PF, os integrantes da quadrilha faziam o envio de grandes quantidades de cocaína de Rondônia, através de caminhões, para outros estados.

“Ao mesmo tempo, o grupo realizava a aquisição de cargas de maconha do Mato Grosso do Sul para serem distribuídas nos estados de Rondônia e Acre”, diz a PF.

 

Desde o início da investigação, no final de 2019, mais de 2,5 toneladas de drogas foram apreendidas pelas polícias (PRF e PM).

Além do tráfico, a quadrilha atuava no comércio ilegal de armas de fogo, lavagem de capitais e falsidade ideológica.

PF apreendeu carro de luxo durante operação Carga Prensada em RO — Foto: Divulgação/PF

PF apreendeu carro de luxo durante operação Carga Prensada em RO — Foto: Divulgação/PF

Em Rondônia, os mandados da PF são cumpridos nas seguintes cidades:

  • Espigão D’Oeste (16 mandados)
  • Rolim de Moura (8)
  • Ariquemes (12)
  • Alta Floresta D’Oeste (2)
  • São Miguel do Guaporé (1)
  • Jaru (2)
  • Nova Brasilândia (3).

 

A Justiça também autorizou o bloqueio de contas da organização criminosa nas redes sociais.

PF faz buscas em casas de suspeitos durante operação em Rondônia

PF faz buscas em casas de suspeitos durante operação em Rondônia

Nesta quarta-feira foram apreendidos outros objetos em posse dos suspeitos, como jóias de ouro, armas, relógios, computadores, e dinheiro em espécie.

A polícia diz que um dos suspeitos chegou a movimentar R$ 10 milhões em contas bancários, dinheiro obtido através do tráfico de drogas e armas.

Com fuzil, PF faz buscas em mansão de suspeitos durante Operação Carga Prensada

Com fuzil, PF faz buscas em mansão de suspeitos durante Operação Carga Prensada

Para lavar o dinheiro do tráfico, os suspeitos usavam uma casa de jogos de fachada, onde, de fato, ninguém era sorteado e os próprios integrantes da quadrilha ficavam com o dinheiro.

Os mandados cumpridos na operação Carga Prensada foram expedidos pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Vilhena.

Operação Carga Prensada: Agentes cumpriram mandados de busca contra organização criminosa — Foto: PF/Reprodução

Operação Carga Prensada: Agentes cumpriram mandados de busca contra organização criminosa — Foto: PF/Reprodução

Início das investigações

 

Segundo a PF, as investigações começaram através de uma apreensão de drogas feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pela Polícia Militar (PM), em 2019, que identificou uma organização criminosa ligada a uma facção criminosa, tráfico de cocaína ,maconha, armas e lavagem de capitais.

Durante as investigações, conduzida pela delegacia da PF de Vilhena (RO), foi possível vincular oito flagrantes de tráfico de drogas desse grupo aos investigados.

A droga era sempre transportada pelo grupo em meio a cargas em veículos de grande porte. A Operação Carga Prensada tem o apoio da Polícia Militar e do Ministério Público de Rondônia (MP-RO).

Reportagem em atualização

Carros de luxo faziam parte do 'patrimônio' de organização criminosa — Foto: PF/Divulgação

Carros de luxo faziam parte do ‘patrimônio’ de organização criminosa — Foto: PF/Divulgação

Comentários

Acre

Acusado de matar homem enforcado com lençol pega 19 anos de prisão no Acre

Publicado

em

Por

Douglas Sena dos Santos foi julgado na sexta-feira (3) na 1ª Vara do Tribunal do Júri, em Rio Branco. Edilson da Rocha Monteiro, de 48 anos, foi achado morto após dois dias sem manter contato com a família.

Douglas Sena dos Santos foi condenado a 19 anos de prisão em regime fechado por ter matado Edilson da Rocha Monteiro em outubro do ano passado. De acordo com o processo, Douglas usou um lençou para asfixiar a vítima. O julgamento foi nessa sexta-feira (3) na 1ª Vara do Tribunal do Júri, em Rio Branco.

A vítima foi encontrada em estado de decomposição dentro de casa em outubro do ano passado, no bairro Wanderley Dantas, em Rio Branco. Monteiro estava cerca de dias sem manter contato com a família e, ao ir na casa do irmão, Raquel Cristina o encontrou já sem vida.

O réu Douglas Sena dos Santos responde pelo crime de homicídio, por meio de asfixia. Sem dar detalhes, a defesa dele disse apenas que Santos confessou o crime.

Conforme a Justiça, no júri desta sexta, além do réu, cinco testemunhas foram ouvidas, entre elas estão dois irmãos da vítima.

Comentários

Continue lendo

Acre

IAPEN divulga cronograma de visitas nos presídios do Acre que ocorrem neste domingo

Publicado

em

Na tarde deste sábado, 4, o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), informou que as visitas nas unidades penitenciárias do estado serão retomadas a partir deste domingo, 5.

No entanto, a gratidão destaca que haverá algumas orientações a serem seguidas, como por exemplo, o horário que será 8h às 11h da manhã e à tarde de 13h às 16h.

Em relação aos procedimentos, os visitantes devem atentar-se às seguintes orientações: Apenas uma pessoa por preso poderá visitar; O visitante somente poderá adentrar à unidade portando a carteira de visitante e documento oficial com foto. Outro tipo de protocolo não será autorizado; Carteiras vencidas só serão aceitas caso estejam com até 30 dias de vencimento; Não será permitido entrada com alimentação;A utilização de máscaras será obrigatória; Em cumprimento ao Decreto Governamental n° 10.599, será exigida a apresentação de comprovante de vacinação no ato da entrada nos estabelecimentos prisionais.

O órgão repassou o cronograma de visitas do mês de dezembro. No Complexo Penitenciário de Rio Branco: domingo, 5 de dezembro – pavilhão P (manhã) e pavilhão O (tarde); sábado, 11 de dezembro – pavilhão C (manhã) e Posto Médico (tarde); domingo, 12 de dezembro – pavilhão L (manhã) e pavilhão A (tarde).

No Pavilhão dos Reeducandos do Trabalho Externo (Antiga UP-4): sábado, 11 de dezembro. Visitas apenas no período da manhã. Já na Unidade de Regime Fechado nº 2 de Rio Branco (Antonio Amaro Alves): sábado, 11 de dezembro – alojamentos 2 e 4; domingo, 12 de dezembro – alojamentos 5, 6 e 7. Visitas apenas no período da manhã. A Unidade de Regime Fechado Feminina de Rio Branco: sábado, 11 de dezembro – pavilhão Alamanda e Berçário; Sábado, 18 de dezembro – Pavilhão Carmélia. Visitas apenas no período da manhã e a Unidade Penitenciária Moacir Prado (Tarauacá): domingo, 5 de dezembro – ala 4 (manhã) e ala 3 (tarde); sábado, 11 de dezembro – pavilhão B (manhã) e ala 1 (tarde); domingo, 12 de dezembro – pavilhão D e alojamento C (manhã) e ala 2 (tarde).

As unidade penitenciárias de Sena Madureira, Cruzeiro do Sul e Senador Guiomard terão cronograma de retorno de visitas divulgado posteriormente.

Comentários

Continue lendo

Acre

Sem mortes, Acre tem três novos casos da Covid-19 neste sábado

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) informou na tarde deste sábado, 4, o registro de 3 novos casos de infecção por coronavírus, elevando o número de infectados para 88.228, em todo o Acre.

Segundo o boletim, nenhuma notificação e óbito foi registrada neste sábado, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 permaneça 1.849 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 251.066 notificações de contaminação pela doença, sendo que 162.831 casos foram descartados e 7 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 86.136 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 5 seguiam internadas até o fechamento deste boletim.

Comentários

Continue lendo

Em alta