Ações ocorreram nos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Tarauacá e Feijó, além dos municípios de Guajará e Ipixuna no Amazonas.

Operação foi realizada durante duas semanas — Foto: Divulgação/ 61º BIS
Por Mazinho Rogério — Cruzeiro do Sul

Em duas semanas da Operação Ajuricaba IV, militares do 61º Batalhão de Infantaria de Selva de Cruzeiro do Sul percorreram os rios e estradas de nove municípios do Vale do Juruá para combater o narcotráfico e outros crimes transfronteiriços e garantir a sensação de segurança da população. A operação encerrou nesta sexta-feira (10) com mais de 800 abordagens e a prisão de um traficante.

______________

Equipes do Exército se deslocaram em barcos pelo Rio Juruá e seus afluentes e também navegaram pelos Rios Tarauacá, Envira e Muru. Nessas regiões, os militares fizeram vistorias em embarcações e abordagens aos navegantes para tentar apreender produtos ilícitos.

______________

As ações ocorreram nos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Tarauacá e Feijó, além dos municípios de Guajará e Ipixuna, no Amazonas. Nessas cidades foram revistadas mais de 200 embarcações revistadas.

“Procuramos atuar em toda essa região, em conjunto com os órgãos de segurança, PM, Polícia Civil, Polícia Federal e Funai. Nessas duas semanas tivemos também o cumprimento de alguns mandados de prisão junto com a Polícia Civil, que culminou com a prisão de um elemento ligado ao tráfico de drogas na região do Rio Muru”, disse o comandante 61º BIS, tenente-coronel Eduardo Lemos.

O homem preso em Tarauacá transportava embalagens de cocaína e materiais utilizados para embalar a droga que seria comercializada. Foi o único preso durante a operação que se estendeu também para as rodovias onde foram montadas barreiras em diversos pontos.

Nas estradas, o patrulhamento ocorreu com bloqueios nas vias de acesso às cidades. Em Cruzeiro do Sul, os motoristas que passavam nas três vias de entrada à cidade, foram submetidos a revistas nos veículos. Foram mais de 600 carros revistados durante as duas semanas.

_____________

Além do patrulhamento nos rios e rodovias, durante a operação, o Exército também promoveu ações sociais em várias localidades com equipes de saúde atendendo os moradores.

_____________

“Eu considero que essa nossa operação teve uma amplitude muito boa e possibilitou o que a gente também sempre busca, o aumento da sensação de segurança para a população local. Com essa ação conjunta, a gente potencializa também o desempenho das polícias. É uma atuação que se complementa e com isso a gente tem melhores resultados”, avalia Lemos.

Ações ocorreram nos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Tarauacá e Feijó, além dos municípios de Guajará e Ipixuna no Amazonas — Foto: Divulgação/61º BIS

Comentários