Para prevenir entrada de crianças no mundo do crime, PM realiza projeto social no Acre

Acredita-se que a educação seja o melhor caminho para mudar a realidade do Brasil, que vive um dos períodos mais críticos atualmente. Seguindo essa orientação, a Polícia Militar de Sena Madureira, a partir de um projeto social, promove atividades lúdicas e educativas no intuito de...

0

Acredita-se que a educação seja o melhor caminho para mudar a realidade do Brasil, que vive um dos períodos mais críticos atualmente. Seguindo essa orientação, a Polícia Militar de Sena Madureira, a partir de um projeto social, promove atividades lúdicas e educativas no intuito de incentivar a não entrada de crianças no mundo do crime.

“Não queremos ver essas crianças entrando no mundo do crime”/Foto: Reprodução

A iniciativa que começou há alguns meses, atende crianças e adolescentes de 5 a 15 anos do bairro da Pista que, no ano de 2017, mais contabilizou crimes de homicídio e roubo em Sena Madureira. Coordenado por três militares, incluindo o Major Casagrande, Sargento Acácio Brito e Soldado Cardoso, o projeto tem como base as atividades recreativas (jogos digitais, de memória e esportes), além de palestras e orientações voltadas para a saúde e o desenvolvimento pessoal dos menores.

O espaço físico, localizado em uma das principais praças do município, cedido pela prefeitura, funciona de segunda à sexta-feira, a partir das 15h, e no sábado, no período da manhã.

De acordo com Acácio, um dos idealizadores, o objetivo do projeto é o incentivo à cidadania, na inserção de crianças ao entendimento do direito de viver na integridade e na honestidade.

Mais de 30 crianças participam semanalmente dos encontros/Foto: Reprodução

“Não queremos ver essas crianças entrando no mundo do crime. Queremos oportunizar um espaço educativo, de crescimento, partilha e alegria. Acredito que a educação ainda é o melhor caminho”, frisou.

Os videogames usados pelas crianças foram doados por empresários da cidade, assim como premiações e brindes em datas comemorativas.

“Não é apenas uma trabalho da PM. A parceria com a comunidade é fundamental na execução desse projeto. As pessoas tem nos ajudado e, com isso, ainda acreditamos que mudaremos o mundo a partir das boas ações”, enfatizou.

Mais de 30 crianças participam semanalmente dos encontros e, de acordo com o policial, é gratificante ver que muitas delas, que hoje veem parentes próximos ou pessoas conhecidas em medidas protetivas de segurança, podem escolher outros caminhos.

Os videogames usados pelas crianças foram doados por empresários da cidade/Foto: Reprodução

“Dar a eles a possibilidade de conhecer outras oportunidades, é muito gratificante. Não tenho palavras”, enfatizou.

Considerando positivo o progresso das medidas comunitárias tomadas pela PM em parceria com a prefeitura, o comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar de Sena Madureira, Major Casagrande, acredita que as prisões realizadas por agentes são constitucionais e importantes, mas se tornam insuficientes, tendo em vista que a prevenção, por meio da educação, transforma toda e qualquer nação.

“Nós investigamos, apuramos, prendemos e apreendemos, mas consideramos que a prevenção ainda seja o melhor caminho para driblar a violência e os desvios de conduta. Estamos satisfeitos com esse trabalho”, concluiu.

Acácio diz ser gratificante trabalhar para as crianças/Foto: Reprodução

Casagrande finalizou a entrevista afirmando que o clima de violência mudou significativamente no bairro, destacando que as pessoas transitam com mais tranquilidade pelas ruas.

“São medidas necessárias”, concluiu.

Comentários

Assuntos desta notícia