A cultura, a arte e o esporte são instrumento poderosos de ressocialização. Pensando nisso, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul e o Governo do Estado firmaram uma parceria que proporciona aos jovens infratores em reclusão o contato com atividades  artísticas, culturais, lazer e esportivas, entre outras ações socioculturais.
O trabalho se dá por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e pelo Instituto de Sócio Educativo do Acre (ISE), agregando ainda as ações do Serviço de Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (Paif) e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (Paefi).
Os jovens são atendidos em coletivos, onde são estimulados a despertar o seu lado lúdico. Essa é uma forma de intervenção social planejada, que cria situações desafiadoras, estimula e orienta os adolescentes na construção e reconstrução de suas histórias e vivências individuais, coletivas e familiares.
“O serviço tem como objetivo fortalecer as relações familiares e comunitárias, além de promover a integração e a troca de experiências entre os participantes, valorizando o sentido de vida coletiva e despertando-os para o processo de ressocialização”, endossa a secretária de Desenvolvimento Social, Keiliane Cordeiro.

Comentários