Passageiros denunciam precariedade de empresa de ônibus no Acre

Ônibus quebrado e passageiros a espera de outro veículo para continuar a viajem – Foto: celular/cedida Alexandre Lima, da redação Pessoas que optaram em comprar uma passagem de ônibus para...

Ônibus quebrado e passageiros a espera de outro veículo para continuar a viajem - Foto: celular/cedida
Ônibus quebrado e passageiros a espera de outro veículo para continuar a viajem – Foto: celular/cedida

Alexandre Lima, da redação

Pessoas que optaram em comprar uma passagem de ônibus para se deslocar da Capital do Acre, Rio Branco à Brasiléia (AC), distante cerca de 240 km com acesso pela BR 317, passaram constrangimentos ao ter que esperar por quase duas horas até embarcarem.

Revoltados com o atraso, ainda tiveram que esperar por mais algumas horas na BR, próximo a usina de álcool após uma pane no veículo da empresa AITI, que assumiu o lugar da sucateada Real Norte e campeã de reclamações no Acre. Complementam que estas panes estão se tornando uma constante já que no trecho entre a Capital e Senador Guiomard, chegou a parar por cerca de quatro vezes.

Além de fotos, foi enviado um vídeo onde mostra os passageiros esperando e reclamando e espera do veículo para poder embarcar. Recentemente foi denunciado a superlotação de passageiros no trecho entre Brasiléia/Assis Brasil. A empresa reguladora do Acre – AGE/AC, disse que iria fiscalizar esses problemas.

jovens, adultos, idoso e crianças esperam por um longo tempo na beira da estrada - Foto: celular/cedida
jovens, adultos, idoso e crianças esperam por um longo tempo na beira da estrada – Foto: celular/cedida

Comentários