Marcus-e-Sebastiao_tocha_olimpica_21junho_2016_E_X_F

A graça de presenciar a passagem da Tocha Olímpica na Capital acreana vai custar caro aos cofres públicos. Ao todo, a Prefeitura de Rio Branco vai desembolsar, apenas com as atividades culturais, a quantia de R$ 249 mil, fruto de um convênio com a União, cuja contrapartida foi feita pelo município.

Devido à crise fiscal e priorização de outras ações, muitas prefeituras espalhadas pelo Brasil resolveram cancelar a recepção da tocha, principalmente por conta o custo que a passagem traria aos Executivos. No Acre, diferentemente, o evento está confirmado e ocorrerá nesta terça-feira, 21, a partir das 13 horas.

Como confirmou a Prefeitura, a Tocha chega a Rio Branco às 10h20, sendo recebida pelas estudantes do nono ano da Escola João Mariano Joyce dos Santos e Francisca Janiele Batista, de 14 anos. Elas serão as responsáveis por receber a lanterna que contém a Chama Olímpica e acender a primeira Tocha em solo acreano.

Cópia do convênio do MinC desmente dados da prefeitura
A Prefeitura da Capital, questionada pelo ac24horas, negou que exista qualquer tipo de contrapartida por parte do município. Disse, ainda, que toda a responsabilidade dos custos da operação do revezamento da Tocha é dos patrocinadores e fruto dos repasses do Ministério da Cultura (MinC).

Contudo, o próprio MinC afirma que houve uma contrapartida de R$ 11 mil, feitos pela Prefeitura de Rio Branco. O extrato – veja abaixo- desmente definitivamente a versão da prefeitura, administrada pelo petista Marcus Viana, que propôs à União a parceria em forma de projeto, incluindo imagens do locais em que a tocha passaria e valores que seriam gastos para a montagem da estrutura de shows, por exemplo, como mostram documentos obtidos pelo portal, junto ao Ministério.

Confira os documentos

Termo de Referência P. 1 e – Termo de Referência P. 3 e 4 – Termo de Referência P. 5 e 6 – Termo de Referência P. 7 e 8 –Termo de Referência P. 9 e 10 – Termo de Referência P. 11

bbe55658-1003-486b-818a-bff43291f305-768x348

Custo da tocha por condutor é de R$ 1.985,00

O valor aproximado da tocha para cada condutor é de R$ 1.985,00. A princípio, esse custo deveria ser arcado pelos próprios condutores convidados pelos patrocinadores da passagem da tocha pelas cidades brasileiras. O levantamento foi feito pelo jornal Gazeta Esportes.

O fato é que, após uma campanha nas redes sociais, os três principais patrocinadores (que têm direito de indicar condutores) chegaram ao consenso de que iriam “presentear” os condutores com o pagamento desse valor. Ao final do percurso, cada condutor tem a opção de comprar a tocha para levar para casa.

Ao todo, 12 mil pessoas vão conduzir a chama olímpica pelo Brasil até a abertura das Olímpiadas, no Rio de Janeiro, o que representa um valor total de R$ 23,8 milhões. Os patrocinadores têm direito de indicar cerca de 6 mil condutores.

Comentários