Conecte-se conosco

Geral

Penas para réus da Boate Kiss vão de 18 a 22 anos de prisão

Publicado

em

Incêndio em casa noturna matou 242 pessoas em janeiro de 2013

IMG_2171 Julgamento Kiss DIA 10 (10dez21) Juliano Verardi IMPRENSA TJRS
Julgamento Kiss: dia 10 (10dez21)
Foto: Juliano Verardi / IMPRENSA TJRS

 

Após dez dias de julgamento, os quatro réus do caso da Boate Kiss foram condenados a penas que vão de 18 anos a 22 anos de prisão. A sentença foi lida na tarde desta sexta-feira (10) pelo juiz Orlando Faccini Neto.

A Elissandro Spohr, foi aplicada pena de 22 anos e seis meses de reclusão, e a Mauro Hoffmann, de 19 anos e seis meses. Ambos eram sócios da casa noturna. A Marcelo de Jesus e Luciano Bonilha, integrantes da banda Gurizada Fandangueira, foram aplicadas penas de 18 anos de reclusão. Todos eram acusados pelo Ministério Público (MP) por 242 homicídios e 636 tentativas de homicídio por dolo eventual.

O cumprimento das penas foi fixado como inicial fechado. O juiz determinou a prisão dos quatro réus, mas, em razão de um habeas corpus concedido pelo Tribunal de Justiça (TJ) à defesa de Elissandro, foi suspensa a prisão de todos, até a medida ser analisada pelo colegiado.

Inicialmente, aos quatro réus foi imputada a prática de homicídios e tentativas de homicídio, praticados com dolo eventual, qualificados por fogo, asfixia e torpeza. No entanto, as qualificadoras foram afastadas, e eles responderam por homicídio simples.

A existência, ou não, de dolo (quando o agente assume o risco de cometer o crime) ocupou o cerne dos debates ao longo de oito anos. No dolo eventual, o indivíduo, mesmo tendo previsão do resultado, opta por praticar o ato. O autor prevê, admite e aceita o risco de produzi-lo. Não quer, mas prevê o resultado e pratica.

O júri do caso Kiss teve início no dia 1º deste mês. Passaram pelo plenário do Foro Central 28 depoentes, dos quais, 12 vítimas, 13 testemunhas e três informantes. Inicialmente, seriam ouvidas 34 pessoas, mas cada parte abriu mão de oitivas para otimizar o tempo dos trabalhos.

As informações foram divulgadas na página do TJ.

Tragédia

A tragédia na Boate Kiss foi no dia 27 de janeiro de 2013, na cidade gaúcha de Santa Maria. Todos os mortos foram vítimas de um incêndio, que começou no palco da boate e logo se alastrou, provocando muita fumaça tóxica. O fogo se iniciou quando um dos integrantes da banda disparou um artefato pirotécnico, atingindo parte do teto, forrado com espuma acústica, que pegou fogo.

O incêndio, que matou principalmente jovens, marcou a cidade de Santa Maria, conhecido polo universitário gaúcho, e abalou todo o país, pelo grande número de mortos e pelas imagens fortes. A boate tinha apenas uma porta de saída desobstruída. Bombeiros e populares tentaram, de todo jeito, abrir passagens quebrando os muros da casa, mas a demora no socorro acabou sendo trágica para muitos dos frequentadores.

Edição: Nádia Franco

Comentários

Geral

Covid-19: Acre registra 310 casos nesta quinta-feira

Publicado

em

O Acre registrou 310 novos casos de infecção por coronavírus nesta quinta-feira, 20 de janeiro. O número de infectados subiu para 91.781 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 261.772 notificações de contaminação pela doença, sendo que 169.843 casos foram descartados e 148 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 86.731 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 27 seguiam internadas até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Até o fechamento deste boletim, das oito pessoas internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into-AC), quatro não tomaram nenhuma dose dos imunizantes contra covid-19, uma tomou apenas uma dose e três tomaram duas doses da vacina.

Nenhum óbito foi registrado nesta quinta-feira, 20 de janeiro, fazendo com que o número oficial de mortes por covid-19 permaneça 1.854 em todo o estado.

Comentários

Continue lendo

Geral

Coreia do Norte ameaça retomar testes nucleares

Publicado

em

Ameaça ocorreu durante reunião liderada por Kim Jong-un

A Coreia do Norte ameaçou hoje (20) retomar testes nucleares e de mísseis balísticos de longo alcance, em reunião do gabinete político sob a liderança de Kim Jong-un.

Pyongyang não realizou quaisquer ensaios nucleares de mísseis balísticos de longo alcance desde 2017, dando prioridade ao diálogo com os Estados Unidos (EUA). O líder norte-coreano encontrou-se três vezes com o então presidente norte-americano, Donald Trump.

Desde a fracassada Cúpula de Hanói, de 2019, entre os dois líderes, as negociações ficaram estagnadas.

A Coreia do Norte rejeitou todas as ofertas de diálogo, enquanto retomava testes, como o lançamento de mísseis hipersónicos.

Os EUA impuseram, na semana passada, novas sanções a Pyongyang.

“Política hostil e ameaça militar dos EUA atingiram limiar perigoso que já não pode ser ignorado”, disse a agência oficial da Coreia do Norte KCNA.

Por essa razão, a reunião do gabinete político do comitê central do Partido dos Trabalhadores determinou que seja examinada rapidamente a questão do reinício” de todas as atividades que foram objeto de moratória.

O possível recomeço dos testes nucleares e balísticos ocorre em momento sensível para a região, com eleições presidenciais marcadas para março na Coreia do Sul e na China, o único grande aliado da Coreia do Norte e que se prepara para acolher os Jogos Olímpicos de Inverno em fevereiro.

Desde a posse do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, há um ano, Pyongyang rejeitou várias propostas de diálogo apresentadas pela administração norte-americana.

Comentários

Continue lendo

Geral

Governador define entrega de obras e anuncia pacote de R$ 90 milhões em investimentos

Publicado

em

Dando continuidade às ações de sua gestão em prol do desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida da população acreana, o governador Gladson Cameli realizará no próximo domingo, 23, a entrega de diversas obras executadas pelo Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), na histórica cidade de Porto Acre.

O município foi contemplado com serviço de tapa-buracos e recuperação asfáltica da rodovia estadual AC-10, assim como de 750 metros da Rua do Comércio, principal via da cidade. No mesmo dia, Cameli também vai reinaugurar a rodoviária e o centro cultural.

Governador Gladson Cameli e secretário de Infraestrutura, Cirleudo Alencar, definiram calendário de entrega de obras nesta quarta-feira, 19. Foto: cedida

“O nosso governo está trabalhando dia e noite para melhorar a vida das pessoas e as obras que entregaremos em Porto Acre são mais uma demonstração do nosso compromisso com a população. Além dos benefícios, essas obras foram muito importantes para contribuir com a geração de emprego e renda no município”, argumentou o governador.

Juntamente com o titular da Seinfra, Cirleudo Alencar, Gladson Cameli definiu o cronograma de inauguração de obras para fevereiro. No próximo mês, o governo pretende entregar seis benfeitorias em três municípios do estado.

“Em Rio Branco, inauguraremos a nova enfermaria do Pronto-Socorro, a sala de braquioterapia da Unacon, a brinquedoteca do Hospital da Criança e o Centro Comunitário da Cidade do Povo. Em Xapuri, temos a entrega da nova sede da Defensoria Pública Estadual. Para o fim do mês, o governador inaugurará o Hospital Abel Pinheiro, em Mâncio Lima”, explicou Cirleudo.

Até abril deste ano, o governo do Estado lançará pacote de obras orçado em mais de R$ 90 milhões. Foto: cedida

Até abril, o governador Gladson Cameli dará novas ordens de serviço nas áreas de saúde, infraestrutura, segurança pública e produção rural. O pacote de obras soma mais de R$ 90 milhões em investimentos.

“Daqui para frente, lançaremos uma obra por semana, em todas as regiões do nosso estado. Este será um ano de muito trabalho e conquistas para o nosso povo. Não mediremos esforços para alcançar nossos objetivos”, concluiu Cameli.

Comentários

Continue lendo

Em alta