Conecte-se conosco

Geral

Petecão junta os Rocha e Jorge Viana continua incentivando sua candidatura

Publicado

em

Coluna do Evandro Cordeiro - AcreNews.com

O senador Sérgio Petecão (PSD), candidato a governador declarado, já pode dizer por aí que terá o apoio dos Rocha, segundo fonte da coluna. O atual vice-governador, o Major (PSL), poderá disputar para federal nessa aliança, e sua irmã, Mara (PL), de vice.

Nova possibilidade
Essa aliança com os Rocha abre a seguinte possibilidade: Petecão governador, Mara vice, Jessica Sales (MDB) senadora, e o Major Rocha para federal.

Espera para o bote

O ex-senador Jorge Viana (PT), que também está conservando com Petecão, não declara se disputará o Senado ou o Governo. Assim, continua alimentado a possibilidade de uma aliança com o grupo de Petecão, incentivando sua candidatura. Lá na frente, com o grupo que ganhou em 2018 rachado, com duas candiaturas a governador (Gladson e Petecão), Viana anuncia sua candidatura ao Governo. Esperem para ver.

Exemplo do interior

Gosto sempre de citar um exemplo que vem de Assis Brasil, na eleição para prefeito, em 2020. O prefeito Zum Barbosa (PSDB) era favorito, mas seu vice, Zé do Posto (PSD), botou na cabeça que era hora de ser prefeito. Colocou sua candidatura na rua, rachando uma antiga aliança, e o resultado foi trágico. O candidato do PT, Jerry Correia, que sabia tanto da impossibilidade de ganhar ao ponto de oferecer apoio a Zum em troca de uma secretaria, acabou foi ganhando a eleição. Zum e Zé e um bocado de gente que dependia dos dois estão desempregados.

Sonho da esquerda

O sonho do PT, até horas atrás morto e enterrado, é que esse racha no grupo que ganhou as eleições em 2018 no Acre continue crescendo. Para o ex-senador Jorge Viana, se surgir outra candiatura, além da de Petecão, será ainda melhor.

Prensa dos apoiadores

O empresário Nelsinho Santiago continua levando prensa de dois ex-deputados estaduais que ajudaram a eleger a filha dele, a médica Michele Melo (PDT), vereadora de Rio Branco. É que eles ajudaram sob a promessa de que ela disputaria para federal e agora a parlamentar, que tem mostrado muito serviço na Câmara, estaria decidida a disputar para estadual.

CPI

Cubro a política no Acre há quase três décadas, como repórter, e ainda não vi uma CPI não terminar em pizza. Só serve para a oposição na casa fazer seu barulho e, sim, produzir algum desgaste para o governo da hora.

Foto da onça morta

Essa CPI da Educação, segundo bem disse o secretário de Articulação Política Moisés Diniz, perdeu o timing. Chegaram para bater a foto da onça já morta. O pessoal envolvido em rolo por lá já foi preso, indiciado e o escambau. Ou seja: a CPI é só para fazer barulho.

Perdas grandes

Primeiro secretário da mesa diretora da Assembléia Legislativa, o deputado Luiz Gonzaga (PSDB) lamentou a perda das deputadas Antônia Sales e Meire Serafim, ambas do MDB, da base de sustentação.

Compromisso do PSDB

Luiz Gonzaga e Cadmiel Bonfim, os dois deputados do PSDB, vão colar cada vez o partido junto ao governo, para a reeleição do governador Gladson, depois da saída dos Rocha.

Cor da chita

Se não tiver a ajuda das Câmara (Antônia Lúcia e Gabriela), o deputado estadual Wagner Felipe (PL) não verá a cor da chita. A menos que esteja trabalhando muito nos bastidores ao ponto de a gente não estar vendo.

Disputa dura

Pelos nomes cada dia colocados na fita para a disputa pelo Senado, em 2022, essa vai ser a eleição mais dura de todos os tempos. Lembrando que há apenas uma vaga. Alguns dos nomes: Alan Rick (DEM), Vanda Milani (SD), Jorge Viana (PT), Jessica Sales (MDB) e Mailza Gomes (Progressistas).

Assalto na chácara

Ex-deputado estadual, figura pacata, cujo único mal que faz é ao fole de sua sanfona, a qual larga por nada, o Zé Carlos passou horrores na noite de terça para quarta. Foi um assalto que durou seis horas e as coisas que levaram, como uma caminhonete, nada significam em relação ao trauma psicológico, segundo disse à coluna.

Falta coragem

Os empresários Adem Araújo e Marcelo Moura continuam flertando com a política, mas falta neles a coragem do Jarbas Soster, que disputou a eleição para prefeito em Rio Branco pelo Avante, em 2020.

Uma das poucas

Rosana Nascimento, presidente do Sinteac há dois mandatos, parece que vai ser uma das poucas a dirigir o maior sindicato do Acre e não conseguir se eleger a nada.

Desilusão na política

Ao não obter sucesso na disputa pela prefeitura de Tarauacá, mesmo tendo ficado com a fatia de 19,58% dos votos, o advogado criminalista Júnior Feitosa garante: está encerrada sua participação em disputa política. Vai cuidar de seu prestigiado escritório e da vida com Cristo. Quer seguir como pregador do evangelho com mais frequência.

Nome dos Moreira

Os Moreira de Brasiléia decidiram: vão investir na candidatura da cunhada deles, Leila Galvão (MDB), para deputado estadual, mesmo ela tendo perdido a eleição para prefeita ano passado. Eles admitem que a adversária, Fernanda Hassem (PT), era páreo duro, mas que para estadual há espaço para mais gente.

Telefonema do Gladson

Regis Richter, o Papito, eleito governador do Departamento de Pando, Bolivia, fronteira com o Brasil nos municípios de Brasiléia e Epitaciolândia, deverá receber os cumprimentos do governador Gladson Cameli (Progressistas) nos próximos dias, em encontro pessoal. Pelo telefone Gladson já o parabenizou.

Comentários

Geral

Petecão anuncia que vai se afastar do Senado em junho de 2022 para se dedicar à candidatura de governador: “Vamos botar para moer”

Publicado

em

Durante evento do PSD Mulher no Senac em Cruzeiro do Sul neste sábado (4), Sérgio Petecão anunciou que vai se afastar do mandato de senador em junho de 2022 para se dedicar à campanha de governador. A ex-deputada Maria das Vitórias, suplente de Petecão, assume o mandato.

Empolgado com o grande número de pessoas no evento do partido presidido por ele, Petecão disse ao Notícias da Hora que terá três meses para se dedicar integralmente à campanha rumo ao Palácio Rio Branco e brincou: “Vamos botar para moer”.

Comentários

Continue lendo

Geral

Municípios do Acre devem enviar Declaração de Contas Anuais até 30 de abril

Publicado

em

Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real

A Declaração de Contas Anuais (DCA) deve ser enviada pelas prefeituras do Acre e por todos os municípios brasileiros até o dia 30 de abril de cada ano. O prazo – previsto na portaria da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) 1.168, publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 29 de novembro – não sofreu alteração acerca do que já estabelecia outra resolução.

A normativa, no entanto, reduziu o prazo antes previsto para o envio por Estados e Distrito Federal.

A Declaração de Contas Anuais foi criada com o objetivo de atender a Lei de Responsabilidade Fiscal e possui informações contábeis e orçamentárias de todos os poderes e órgãos do Município. Importante destacar que o formato e a estrutura da DCA para o ano de 2022 seguem as regras estabelecidas na 9ª Edição do Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP), vigente no exercício a que se referem os dados.

A portaria 1.168 considerou a necessidade de estabelecer a periodicidade, o formato e o sistema para que a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios disponibilizem suas informações e dados contábeis, orçamentários e fiscais. De acordo com a publicação, esses devem ser divulgados em meio eletrônico de amplo acesso público.

Comentários

Continue lendo

Geral

Traficante é preso com quase 3 quilos de maconha e cocaína em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Na manhã deste sábado, 04, um homem que não teve o nome divulgado foi preso em flagrante pela Polícia Militar na região central de Cruzeiro do Sul, com quase 3 quilos de maconha e cocaína em uma mochila que ele transportava em uma moto.

O homem disse que iria levar o entorpecente para o município de Tarauacá. Ele a droga foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil para os demais procedimentos do flagrante.

O comandante da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul, Coronel Evandro Bezerra informou cita que a PM atua no combate aos roubos por meio da Operação Papai Noel mas segue atuando fortemente contra o tráfico de drogas.

“Sabemos dos desafios deste final de ano quanto a necessidade de parar os crimes patrimoniais, mas o combate ao tráfico também é contínuo, pela PMAC”.

Comentários

Continue lendo

Em alta