Escritor Antonio Manoel
Escritor Antonio Manoel

Da ContilNet

Em liberdade condicional deste a primeira quinzena de novembro, o poeta Antônio Manoel, um dos fundadores do PT no Acre, que passou os últimos 12 anos no presídio estadual condenado por estupro e pedofilia, tem mostrado que continua em alta entre os ex-companheiros de partido. Com uma página no Facebook, Antônio Manoel conquistou, até a manhã de segunda-feira (15), 4.873 fãs, entre eles, o secretário de Comunicação do governo do Acre, Leonildo Rosas, e o secretário de Educação, Marcos Brandão. Abrain Farrah, o ‘Lhé’, uma das figuras
emblemáticas do PT no Acre, é apontado como sendo um dos responsáveis por popularizar Antônio Manoel nas redes sociais.

Indignado ao receber um convite para curtir a página de Antônio Manoel, o jornalista Tião Maia desabafou e disse que nem sequer chegou a ler o conteúdo da página do homem a quem ele chama de pedófilo.

“O querido ‘Lhe’, o Abrahim Farhat, me convida para “curtir” a página do ‘escritor Antônio Manoel’. Para quem não sabe, trata-se do acusado de estuprar crianças indefesas e que já está em liberdade após cumprir dez anos de prisão. Fui ver a página: ali estão seus textos, poemas, contos, etc. Não li nada. Para mim, o tal poeta é uma fraude. Entendo que o sujeito não pode escrever versos, contos, livros, e depois se comportar como um animal, estuprando crianças. Não, ‘Lhe’. Desta vez, não te acompanho. Um defensor dos direitos humanos não tem o direito de tentar reabilitar maníaco sexual. Há causas mais nobres, meu caro”, declarou.

Antônio Manoel posta, diariamente, frases de efeitos colhidas na internet e poemas de própria autoria. Ele foi preso em 2002, acusado de estupro e pedofilia.

Segundo a acusação, algumas de suas vítimas chegaram a perder o útero devido à gravidade da agressão.

Comentários